Banner CMM

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Mossoró tem estratégia própria para eleger vereadores

Compartilhar
Natal tem 141 candidatos a vereador. Mossoró tem mais que o dobro: 380, até agora. A capital do Estado tem uma população quatro vezes maior que Mossoró, e possui mais vagas na Câmara Municipal, 29 assentos, em vez dos 21 da CMM.

Essa diferença reflete não só o nível de fervor por política da população de cada um dos municípios, como também revela que as outras cidades, incluindo a maior cidade do RN, ainda não descobriram a fórmula utilizada pelos partidos em Mossoró na campanha proporcional.
Foto: Portal Difusora

Mossoró descobriu que unindo em uma sigla nomes com pouca densidade eleitoral para disputarem entre si, sem coligação com outros partidos - principalmente os grandes, com nomes já representativos - a chance de conseguir passar pela matemática do quociente eleitoral e alcançar uma, ou mais, cadeiras na Câmara Municipal, é muito grande.

Utilizada primeiramente em 2004 pelo PSL, a estratégia vem sendo copiada desde então por pequenos partidos, e surtido efeito.

O resultado é quase o dobro de pedidos de registros de candidaturas em relação a 2012. Vários partidos apostando sozinhos ou em coligações muito bem estudadas, para alcançar acesso à Casa Legislativa. Quem ganha é o povo: quanto mais opções, melhor.