Banner CMM

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Prefeito se recusa a receber citação oficial da Justiça Eleitoral

Compartilhar
O prefeito Francisco José Junior se envolveu, no final da manhã de hoje, em mais uma situação inusitada. Procurado pela Justiça Eleitoral após a celebração de missa em ação de graças pelo seu aniversário, no santuário Coração de Jesus, o gestor, agora ex-candidato, se recusou a receber notificação do Oficial de Justiça do TRE-RN.

O palco da nova situação "inusitada"
(Foto: Diocese Mossoró)
Na frente de alguns presentes que ainda o cumprimentavam, Francisco José Junior chegou a ser descortês e acusar o oficial de desrespeitoso, além de ignorar a documentação judicial.

Mostrando-se um fiel católico, Francisco alegou que a igreja não seria o local ideal para assinar um chamamento da Justiça. 

As notificações da Justiça em questão tratam da suspensão do Censo Municipal, determinado na semana passada (veja aqui), e da Ação de Investigação Judicial Eleitoral impetrada pelo Ministério Público Eleitoral sobre suposto uso indevido dos meios de comunicação (veja aqui). Os documentos convocam o prefeito à suspensão do censo e intimam para apresentação de defesa à respeito das demais denúncias.