quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Robinson Faria deixa projetos de Mossoró para gestão de Rosalba Ciarlini

Compartilhar
Robinson em última agenda realizada em Mossoró,
em março
Em mais uma rápida passagem por Mossoró, o governador Robinson Faria garantiu que tem uma extensa lista de projetos para a cidade.

Não especificou desde quando trabalha nesses planos, mas o fato é que, desde março, última vez em que veio à cidade com agenda oficial, nunca mais havia falado publicamente sobre projetos para o segundo maior município do Estado. Pelo contrário, deixou de fazer o que prometeu - vide caos na segurança e situação do Hospital Regional Tarcísio Maia e Hospital da Mulher.

Apesar da entrevista não ter sido planejada - o governador sequer avisou à imprensa que passaria por aqui - o discurso de Robinson vem no final da gestão do seu ex-aliado, Francisco José Junior, prefeito de Mossoró. 

Agora, as benesses para o município, se vierem, virão na gestão da prefeita eleita Rosalba Ciarlini. E apesar das ações serem estaduais, ela pode pegar carona no bônus dos projetos.

O ônus ficou para Francisco José Junior, que além de passar por situação financeira complicada e de uma má gestão, sentiu na pele os efeitos do rompimento com o governador ainda no primeiro semestre, com a falta de ações oficiais e, obviamente, de apoio político.