quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Izabel questiona alterações no Estatuto da FECAM para disputa à presidência

Compartilhar
A vereadora Izabel Montenegro, presidente da Câmara Municipal de Mossoró, em contato com o Blog, replica afirmações do candidato à presidência da FECAM, Francisco José Junior, em disputa que começou a ser travada ontem (veja aqui e aqui), e deve ser encerrada hoje com a realização da eleição da entidade.

Izabel faz uma série de questionamentos sobre as condições em que a eleição da entidade para o próximo biênio foi apresentada. Veja o texto:

Soube ontem à tarde que a eleição para presidente da FECAM era hoje, me dirigi para lá. Qual não foi a minha surpresa ao ver o portão fechado com cadeado e o ex-prefeito Silveira dentro de uma sala, com a lista de presidentes e ex-presidentes fazendo contatos, isso desde a manhã, atrás de votos.

Primeiro questionamento: Por que à frente da Presidência da FECAM uma pessoa que sequer é suplente de Vereador? Por que o Estatuto da FECAM foi alterado duas vezes em 30 dias? Por que uma pessoa sem mandato pode ser candidato a Presidente da FECAM? Por que apesar da eleição de todos os Presidentes das Câmaras ter sido em 1° de janeiro, o edital da eleição da FECAM foi divulgado em meados de dezembro dando até ontem, às 9h, para registro de chapas? Somente 2 dias após a posse dos novos Presidentes, o que impossibilitava qualquer articulação democrática e responsável por partes dos que quisessem disputar o cargo. Por que a publicação do edital da eleição foi feita somente no Jornal Oficial da FECAM, quando o Estatuto manda que seja publicizado nos jornais oficiais de todos os Municípios?