quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Prefeitura afirma que houve aumento nos repasses para Mossoró entre 2015 e 2016

Compartilhar
Apesar da palavra de ordem do ano passado ter sido "crise", os repasses ao município de Mossoró cresceram cerca de R$ 18 milhões em relação a 2015. É o que garante o secretário de Planejamento de Mossoró, Aldo Fernandes, com base no Portal de Transparência do Município.  

Segundo o secretário, em 2015 o município de Mossoró recebeu R$ 466.356.049,63. Já em 2016, o valor foi de R$ 484.535.752,30.

(Foto: OAB/Mossoró)
Entre as transferências intergovernamentais que tiveram valores aumentados, o repasse do Sistema Único de Saúde (SUS) subiu de R$ 77 milhões para R$ 87 milhões; o Fundo Nacional de Desenvolvimento da educação (FNDE) de R$ 6 milhões para R$ 9 milhões; o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB) de R$ 65 milhões para R$ 70 milhões; o Fundo de Participação dos Municípios (FPM), de R$ 77 milhões para R$ 91 milhões.

Em relação ao FPM, ainda não foi prospectado aumento para 2017, de acordo com o secretário.

A previsão orçamentária total para 2017 deve ser de R$ 647 milhões, mas o secretário Aldo Fernandes assegura que o valor é inviável e não estará disponível para o município.

A ordem continua sendo de contenção, que em algumas secretarias pode ser de até 70%.