quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Em Natal, ministro e senador se recusam a falar sobre envolvimento com a Lava Jato

Compartilhar
O ministro da Educação, Mendonça Filho (deputado federal licenciado - DEM-PE), e o senador José Agripino (DEM) estiveram em Natal na última segunda-feira (30), para cumprir agenda administrativa. Participaram da inauguração da UTI Neonatal da Escola Maternidade Januário Cicco e do programa Metrópole Digital.

E o assunto foi somente esse. Não por falta de curiosidade da população ou dos jornalistas presentes, mas os dois se recusaram a falar sobre a possibilidade de citação de seus nomes e de outros aliados do Governo Temer nas delações da Lava Jato.

O evento aconteceu no mesmo dia em que a presidente do STF, ministra Carmem Lúcia, homologou a delação de 77 executivos da Odebrecht.

O senador José Agripino sequer quis gravar entrevista. Não atendeu a nenhum órgão de imprensa. Comportamento atípico para o senador, que tem a boa oratória como característica.

Já o ministro, até gravou entrevista, mas somente sobre a parte administrativa. Quando o questionamento foi político, ele saiu pela tangente.

Confira na entrevista do jornalista Bruno Barreto, gravada pelo celular, para o jornalismo TCM: