segunda-feira, 3 de abril de 2017

Parque Municipal não tem manutenção e mostra imagem de abandono

Compartilhar
Pista para caminhada e corrida vai ficando estreita
(Foto: Carol Ribeiro)
Dentre as muitas promessas de melhoria para Mossoró feitas por Rosalba, o Parque da Cidade não está entre elas. Desde que foi eleita, incluindo a mensagem anual, a gestora não mencionou nem o equipamento, nem o meio ambiente de uma forma geral. 

Nesse período de chuvas é visível a falta de manutenção no parque, que também não conta mais com segurança do município.

O matagal acumulado já chega até a fechar parte da pista destinada à prática de esportes. O que deveria ser estacionamento é tomado por uma lagoa de água da chuva acumulada. Algumas placas de marcação de quilometragem já não existem mais.    

O Parque

Localizado em uma área do IBAMA, o Parque Municipal Maurício de Oliveira foi entregue pela gestão passada, após uma parceria com a AeC (ainda da gestão Claudia Regina, quando a empresa se instalou na cidade), que construiu o que existe hoje do parque, com o valor de R$ 500 mil.

As outras etapas do parque - que, segundo propaganda inicial,  deveria contemplar estacionamento, quadras poliesportivas, minicampo de futebol de areia, trilhas ecológicas e de bicicleta, praça de convivência e alimentação - seriam construídas pela Prefeitura, e estavam orçadas em R$ 2 milhões. 

Obviamente, a gestão Francisco José Junior não saiu dos primeiros passos, e o que se encontra hoje são ruínas das construções que foram iniciadas. 

Nota do Blog - Acumulado na pasta de Infraestrutura, o Meio Ambiente não tem tido lugar nas discussões da nova gestão. Talvez por não ser dos assuntos urgentes - saúde, educação, segurança - as discussões ambientais na cidade vão ficando de lado. O Rio Mossoró e usuários do Parque sofrem o abandono em meio ao caos que ainda persiste na cidade.