Banner CMM

sexta-feira, 16 de junho de 2017

Mossoroense, Wilma de Faria deixa legado de história na cidade

Compartilhar
Enquanto prefeita, em 2003, Rosalba, levada pelo viés
político,fez a conhecida afirmação sobre as ações
da ex-governadora (Imagem: Reprodução)
Homenageada por políticos, entidades e personalidades de todo o país, a ex-governadora Wilma de Faria deixa sua história como legado para a política do Rio Grande do Norte.

Mossoroense, Wilma também deixou marcas na cidade. Enquanto governadora foi responsável pela urbanização da avenida Rio Branco e construção do corredor cultural, incluindo as praças de esportes, eventos e da convivência, Cidade da Criança e Estação das Artes.

Os acessos de entrada e saída de Mossoró também foram realizados durante a gestão de Wilma de Faria, que durou de 2002 a 2010.

Wilma de Faria também foi responsável pela instalação da primeira Faculdade de Medicina da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), no campus de Caicó.

Ação ainda alvo de controvérsias, Wilma ainda foi responsável pela viabilização do presídio federal em Mossoró.