Banner CMM

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Saúde do RN começa hoje greve por tempo indeterminado

Compartilhar
Em Mossoró, grevistas fazem movimento em frente ao
Hospital Regional Tarcísio Maia e Hemocentro
(Foto: Divulgação)
Os servidores estaduais da saúde param os trabalhos a partir de hoje, reivindicando o pagamento dos salários em dia - quase dois meses de atraso - melhores condições de trabalho, concurso público para resolver a questão da sobrecarga de trabalho, bem como por "nenhum hospital a menos".

Segundo o Sindicato Estadual da Saúde em Mossoró (SINDSAÚDE), a partir de hoje (13), o HRTM e o Hemocentro estarão funcionando com apenas 30% dos trabalhadores. Somente casos de emergência serão atendidos, e os demais, encaminhados para as UPAs.

Além dos servidores da saúde, os professores da UERN também estão em greve.

Desistência

Policiais Militares e servidores do DETRAN desistiram do movimento após negociações com o Governo do RN. Os técnicos da UERN descartaram o movimento em assembleia há cerca de duas semanas.

De acordo com o SINDSAÚDE, a desistência das categorias não enfraqueceu o movimento contra o governo Robinson Faria.

*Com informações da Assessoria de Comunicação do Sindsaúde