Banner CMM

terça-feira, 27 de março de 2018

Baixa força dos grupos tradicionais é refletido no clã Rosalba Ciarlini

Compartilhar
"O grupo é o mais forte em termos político-eleitorais em Mossoró, mas se tornou um grupo paroquial".

A análise feita pelo jornalista Carlos Santos, no programa Cenário Político desta segunda-feira (26), avalia a posição do grupo político de Mossoró que vem perdendo força nos últimos anos.

Segundo Carlos, o grupo é forte em Mossoró, mas não influencia em Tibau, Grossos, Areia Branca ou outra cidade fora do limite da capital do Oeste potiguar.

O rosalbismo trabalha para retomar espaço no andar de cima da política de Mossoró, uma vez que vem perdendo espaço para nomes do "baixo clero" da política do RN, como o casal Zenaide Maia e Jaime Calado, e o vice-governador Fábio Dantas.

"Isso é um reflexo da baixa força dos grupos tradicionais. A elite política está fragilizada".

Veja a entrevista completa abaixo:


Programa Cenário Político - TCM - exibido em 26/03/18
Parte 1 


Programa Cenário Político - TCM - exibido em 26/03/18
Parte 2


Programa Cenário Político - TCM - exibido em 26/03/18
Parte 3