Banner CMM

segunda-feira, 21 de maio de 2018

Kelps retira pré-candidatura ao governo, mas partido afirma que terá candidatura própria

Compartilhar

O deputado estadual Kelps Lima (Solidariedade) retirou sua pré-candidatura ao Governo do Estado. Motivo: Não alavancou. Será mesmo candidato à reeleição.

A decisão foi tomada em encontro realizado pela legenda neste final de semana. 

(Foto: redes sociais)
"O Solidariedade optou pela retirada do meu nome como pré-candidato ao Governo do Estado. Fizemos o ciclo que foi combinado quando nosso nome foi apresentado. Que testaríamos por 60 dias e se não conseguíssemos aproximadamente 15% nas pesquisas eleitorais iríamos rever o projeto. Com o resultado da pesquisa da FIERN, onde ficamos com 5%, resolvemos reunir a Executiva do partido na última sexta e ficou decidido que meu nome irá reforçar a chapa de deputado estadual própria do Solidariedade que tentará eleger 3 parlamentares", afirmou.

Ainda segundo o deputado, o partido terá candidatura própria ao governo e o nome será decidido até junho. "Outra decisão tomada na reunião da Executiva é que além da pré-candidatura de Magnólia Figueiredo o partido terá candidatura própria ao cargo de Governador e que o nome será escolhido até o final de junho. Não iremos nos aliar aos grupos políticos tradicionais e não vamos participar da troca de cargos por apoio político que está ocorrendo hoje no Governo do Estado e na Prefeitura de Natal", acrescentou.

Dentre os prováveis nomes, estão o da vereadora de Grossos Clorisa Linhares e o do ex-prefeito de Olho D'Água dos Borges, Breno Queiroga. A tendência é que o partido lance os dois na chapa governador/vice.

Nota do Blog - A desistência já era cogitada por analistas. O problema é o Solidariedade possuir um outro nome que "alavanque" até o mês de junho, para que se mantenha a candidatura própria dentro da justificativa apresentada por Kelps.