quarta-feira, 10 de outubro de 2018

Candidato tido como "ingrato" por Mossoró tem 12 mil votos a menos nessas eleições

Compartilhar
(Foto: João Gilberto/ALRN)
Qual é o mossoroense que não lembra de Galeno Torquato? O ex-prefeito do município de São Miguel, que conseguiu ascender à Assembleia Legislativa em 2014 graças a ajuda dos eleitores da cidade.

Como candidato a tiracolo do ex-prefeito de Mossoró, Francisco José Junior (PSD), Galeno conseguiu uma votação recorde para um candidato de fora: 12.306 votos em Mossoró.

Ficou atrás só da mossoroense Larissa Rosado (então PSB), que obteve 24.585 votos, e não foi eleita.

Depois disso, a população, que não tem tradição de escolher nomes de fora, viu o deputado eleito evaporar. O colega de partido de Robinson Faria poucas vezes voltou ao município e mal levantou bandeiras que beneficiassem Mossoró.

A resposta do eleitor da maior cidade do Oeste Potiguar foi devolver o desprezo. Nas eleições do último domingo (07), Galeno Torquato teve apenas 315 votos dos mossoroenses.