Banner CMM

terça-feira, 20 de setembro de 2016

E agora? Para onde vão os votos avulsos em Mossoró?

Compartilhar
Os comentários nas redes sociais são muitos e a pergunta é a mesma: para onde irá o prefeito nessa campanha? Em sua transmissão do Facebook (veja aqui), ele explica que deve continuar o trabalho nessa campanha, mas não esclarece como, e nem de que lado.

Convenção do PSD em Mossoró (Foto: Assessoria)
Independente de para onde o prefeito vá - pelo menos oficialmente - o fato é que ele reuniu em torno de si 14 partidos em sua base.

Mesmo com a migração do PMN, parte do PRB e do PV (veja aqui e aqui) para apoiar Tião Couto, ele ainda tinha o apoio de quase metade dos 404 candidatos a vereador de Mossoró.

Isso significa não só os votos de cada candidato, mas do capital eleitoral e econômico de cada um.

A partir de agora, cabe aos que polarizam a eleição, Rosalba Ciarlini e Tião Couto, trabalhar para "ter" esses nomes em sua base. Eles agregam o que um candidato mais quer: voto.

A tendência indica que o eleitorado de Rosalba é cristalizado. Alguns acreditam que dificilmente ela agregue novos seguidores em sua jornada. Há quem aposte que sim.

Já Tião Couto tem a tendência de reunir em torno de si nomes que buscam o "novo", ou que pelo menos neguem a relação com a política tradicional, representada pela família Rosado.

Nesse universo, ainda existem os indecisos, que não optaram por nenhum dos cinco candidatos. Um número que pode ser muito alto, maior até que a votação que alguns candidatos possam alcançar.

Para onde vão todos esses votos "avulsos" de Mossoró?

Façam suas apostas.