segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Ajuda financeira de Temer gera críticas de chefia de gabinete do Governo Robinson

Compartilhar
Do Blog de Rosalie Arruda

Foi publicado no DOU do dia 13 de outubro o texto da Medida Provisória que dispõe sobre a prestação de auxílio financeiro, pela União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios, relativo ao exercício de 2016.

A "ajuda" tem por objetivo fomentar as exportações do país.


Pra variar, o montante que o RN vai receber desse repasse (quase 2 bilhões de reais) corresponde a apenas 0,49% do total. A maior parte do bolo coube aos estados de Mato Grosso (20,09%) e Minas Gerais (16,42%). 

A secretária do Gabinete Civil do governo Robinson Faria, Tatiana Mendes, criticou pelo twitter a divisão dos recursos. "Entraram, depois que estiveram reunidos com Temer, e agora saem com a parte deles, beneficiados. N e NE excluídos".

Tatiana também cobrou da bancada federal uma mobilização sobre o assunto: "Sinto falta de um posicionamento efetivo da nossa bancada federal. São três senadores e oito deputados que precisam cobrar igual tratamento".

Nota do Blog - Esses tweets da secretária são sinais de que mais arrochos vem por aí. E a PEC 241 nem foi aprovada ainda...