segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Vereadores articulam dança das cadeiras para 2017

Compartilhar
Foto: Carol Ribeiro
A legislatura que começa em 2017 pode não ser exatamente como a definida pela eleição. Uma provável dança das cadeiras pode mudar os ocupantes da Câmara Municipal de Mossoró.

Em busca de manter posição de prestígio, alguns vereadores se articulam para viabilizar espaço. Ou na casa legislativa, ou em algum órgão público.

Uma das articulações podem manter o atual presidente da Câmara no legislativo. Suplente da coligação PSD-PPL-PEN, há notícias de que o próprio Jório Nogueira tenta viabilizar, nos bastidores, continuidade de participação no poder junto ao governador Robinson Faria.

A intenção é ocupar o comando de algum equipamento ou órgão sob tutela de Robinson, ou articular espaço para algum aliado.

O aliado em questão poderia ser o vereador Flávio Tácito (PPL), que até já conversou com o Governo, a convite, sobre a possibilidade de ocupar a Fundação José Augusto. Flavinho deixaria livre sua cadeira para o colega do PSD.

A chance de aceitar é remota, de acordo com o próprio vereador, que diz pretender permanecer em seu reduto eleitoral.

Há também outras cadeiras que podem ser ocupadas por suplentes, da base governista.

O secretariado de Rosalba Ciarlini poderá contar com nomes que foram eleitos na proporcional. Alex Moacir, Francisco Carlos e Izabel Montenegro são nomes cotados e podem ser convidados para missão de chefiar alguma pasta, e liberar espaço para colegas suplentes.