sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Novo tomógrafo do HRTM está com peças queimadas e não tem previsão de funcionar, avisa Sindicato

Compartilhar
O coordenador estadual do Sindsaúde/RN, Aldiclesio Alves Maia, esteve no programa Cenário Político, da TV Cabo Mossoró (TCM), desta quinta-feira (26) e informou, entre outras dificuldades do Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM), que o novo tomógrafo ainda não entrou em atividade porque está com duas peças queimadas.

De acordo com o coordenador do Sindicato, o governo do Estado não deve ter conhecimento do problema ainda, já que tem afirmado à imprensa que o equipamento só precisa ser calibrado para funcionar.

Ministro da Saúde, Ricardo Barros, e governador Robinson Faria entregam tomógrafo com presença de políticos do RN (Foto: Ivanízio Ramos)
O HRTM passou 11 meses sem o tomógrafo. No mês de dezembro a nova máquina chegou à unidade de saúde. Foi entregue com pompa e discurso pelo próprio governador no último dia 11 de janeiro, durante visita de três dias a Mossoró.

O tomógrafo, segundo o dirigente do Sindsaúde, custou R$ 1,5 milhão.

Leia mais sobre as obras e ações entregues pelo governador em Mossoró, mas que não estão funcionando, aqui.