Banner CMM

quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Mesmo sem força, greve dos servidores municipais de Mossoró continua

Compartilhar
Mesmo com portões trancados, Sindicato tenta fortalecer
greve ocupando calçada do Palácio da Resistência
(Foto: Redes Sociais)
A greve continua. Os servidores municipais de Mossoró optaram, em assembleia do SINDISERPUM - Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró - nesta manhã, por insistir na queda de braço com a prefeitura.

A justificativa é que, apesar da reunião desta quarta-feira (27) com os secretários municipais, o executivo não detalhou a proposta de reposição salarial e, portanto, a paralisação segue.

O movimento paredista avança para a terceira semana, mas a população não percebe os reflexos da paralisação nas atividades nas áreas essenciais, como a saúde.

O movimento não teve sequer adesão dos professores, categoria que sempre garante peso às greves, por refletir diretamente no serviço à população, parando o funcionamento das escolas.

A ocupação dos servidores à sede da Prefeitura, após uma semana de paralisação, foi uma tentativa do SINDISERPUM de conferir força ao movimento, sem sucesso.

Mesmo assim, a movimentação grevista segue insistentemente. Legítima e justa, mas sem perspectiva nem adesão, não incomoda quem tem o poder de atender às demandas do servidores e, dessa forma, tende ao fracasso.