Banner CMM

sexta-feira, 8 de setembro de 2017

Policiais militares reclamam de falta de cumprimento de acordos pelo Governo do RN

Compartilhar
(Foto: O Mossoroense)
Começa a sair dos bastidores nova insatisfação dos policiais militares com o governador Robinson Faria. 

A recente exoneração do Coronel Azevedo do comando da Polícia Militar seria, segundo representantes da Associação dos Policiais Militares do RN (APRAM/RN),  um motivo de "descompasso" entre a Secretaria de Segurança e demandas reprimidas dos militares estaduais.

Tanto os policiais quanto os bombeiros militares podem começar, nos próximos dias, um movimento reivindicatório junto ao chefe do Executivo Estadual, e com a realização de assembleias entre a categoria.

Segundo  a APRAM/RN, em 14 de fevereiro foi feito um acordo com o Governo, em que propunha o encaminhamento de demandas como a efetivação das promoções, pagamento dos já promovidos com seus respectivos retroativos, Lei de Organização Básica (LOB), Lei de Ingresso e Diária Operacional. Demandas que não teriam sido cumpridas.