Políticos devem ficar sem voz em festa de padroeira

Prefeito apresentar projeto e levou vaia em 2015
(Foto: Robson Pires)
Do Blog Carlos Santos

Depois da experiência de vaias homéricas no final da festa de Santa Luzia no dia 13 de Dezembro do ano passado, a Diocese de Mossoró quer evitar novos incidentes.

Este ano, o encerramento da procissão da padroeira não contará com a concessão de espaço para discurso de políticos.

Em 2015, o prefeito Francisco José Júnior (PSD) fez longo discurso no adro da Catedral, fuzilado por vaias quase intermitentes.

Mais prudente, o governador Robinson Faria (PSD) declinou da permissão à fala.

Nota do Blog - Ó glória!

Marcadores

Mostrar mais

POLÍTICA

ECONOMIA

MULHER

CULTURA

CAROL RIBEIRO RECOMENDA