quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

Pagamento de atrasados do Governo continua contando com a incerteza

Compartilhar
(Imagem: Destaque Comunicação)
Apesar do pagamento integral referente ao mês de janeiro, concluído hoje (31), a governadora Fátima continua sem fazer ideia de como vai pagar os salários atrasados.

Em nota divulgada nesta quarta-feira (30), o Governo garante que não vai parcelar os salários atrasados. E diz que "todo o dinheiro extra que entrar em caixa será direcionado para o pagamento das três folhas deixadas pela administração anterior, totalizando quase R$ 1 bilhão".

A questão é que para isso, a gestão está contando com recursos incertos: os extras poderão vir da antecipação dos royalties do petróleo, da renegociação da administração da folha junto ao Banco do Brasil, da partilha da cessão onerosa do pré-sal, ou outra fonte que o Governo consiga negociar.

Já vimos esse filme antes.