quarta-feira, 24 de julho de 2019

Secretário garante Política Estadual de cirurgias eletivas e promete solução para atrasos em repasses

Compartilhar
(Imagem: Reprodução)
Realizadas nos últimos anos entre dificuldades e paralisações, as cirurgias eletivas nos municípios do RN deverão ter solução até o começo de 2020. Foi o que garantiu o secretário estadual adjunto de Saúde, Petrônio Spinelli, em entrevista para o Cenário Político (TCM Telecom) nesta terça-feira (24).

Embora tenha destacado que o Estado entre como co-financiador das cirurgias, já que os contratos são dos municípios-sede, o secretário afirma que "é necessário encontrar a solução para que o fluxo financeiro dê sustentabilidade à essas unidades".

Sem entrar em detalhes, Petrônio Spinelli explica que a Política Estadual de cirurgias eletivas consiste no processo de "remediar problemas do passado, focar mais no presente e ter previsão pro futuro".

"Queremos que todas as contas que envolvem a secretaria de Saúde tenham previsão de em que momento vão receber prestação de serviços, os repasses para prefeituras, os insumos que foram vendidos", diz.

Para ele, a construção dessas situações estruturantes dependem de resolver os atuais problemas, e promete que no começo do próximo ano a situação estará completamente diferente do início deste ano.