Fábio Faria e a farra das passagens - Blog Carol Ribeiro

sexta-feira, 20 de dezembro de 2019

Fábio Faria e a farra das passagens

Fábio Faria e o sogro, Silvio Santos, durante o batismo
do filho, em foto postada pelo deputado no Facebook
(Foto: reprodução)
*Com informações do Congresso em Foco

O deputado federal Fábio Faria foi destaque na imprensa nacional. Isso porque 1/4 de todas as despesas declaradas (R$ 339 mil) pelo parlamentar foram somente com passagens aéreas. Ele utilizou em 2019 R$ 92 mil com as viagens. Mas o mais curioso é que dessas viagens 43 vezes foram para São Paulo, e para o Rio Grande do Norte ele veio só seis vezes.

O destaque foi dado pelo site Congresso em Foco, que realizou o levantamento. Vale lembrar que Fábio foi eleito pelo Rio Grande do Norte, com mais de 70 mil votos para o quarto mandato como deputado federal no ano passado. Das viagens ao RN, quatro vezes ele veio direto de Brasília e duas vezes a partir de São Paulo. O gasto com viagens ao estado que elegeu Fábio Faria foi pouco maior que R$ 15 mil. Isto é, somente 20% de todo o recurso investido nas viagens para a residência da família, em São Paulo.

O levantamento realizado pelo Congresso em Foco em parceria com o Instituto OPS revela que as viagens a São Paulo, por outro lado, levaram mais de R$ 72 mil da cota parlamentar. Fábio faria mora na cidade paulista com a esposa e apresentadora Patrícia Abravanel, que é filha do apresentador Silvio Santos, e os três filhos pequenos.

Regras

De acordo com o regimento interno da Câmara dos Deputados, a cota de passagens aéreas só deve ser utilizada para atividades relacionadas ao mandato e para o deslocamento do parlamentar para sua base eleitoral. Fica vedado, portanto, o uso para fins particulares.

Procurado, o deputado Fábio Faria garante, por sua vez, que a cota permite o custeio do deslocamento entre o trabalho e a residência do parlamentar. Ele diz então que, como tem residência em Natal e também em São Paulo, não tem problema em usar o dinheiro público para ir à capital paulista.

"De acordo com a Diretoria Geral da Casa, os deslocamentos do parlamentar entre seu domicílio e a Câmara dos Deputados cumprem integralmente com as normas pertinentes. É de conhecimento público que Fábio Faria tem residência em Natal e em São Paulo, onde vivem sua esposa e os três filhos pequenos", informou a assessoria do deputado, que também pediu para a Câmara se posicionar sobre o assunto, já que Fábio Faria é o atual terceiro secretário da  Mesa.

A assessoria de imprensa da Câmara informou que o Ato da Mesa 43 "não estabelece vedação ao uso da cota em viagens nacionais, independentemente do destino escolhido pelo parlamentar ou do estado pelo qual ele foi eleito – tendo em vista que o mandato tem caráter nacional". "Ademais, é normal que o parlamentar possa retornar ao local escolhido para seu domicílio familiar ainda que este seja diferente daquele pelo qual foi eleito", acrescentou.

Relação com a base

O deputado garante que "esse fato não interfere na sua atuação política, já que mantém contato frequente com prefeitos e lideranças e está presente no Estado em compromissos pontuais". Ele ainda diz que usa bastante as redes sociais para manter-se em contato com seu eleitorado.

"Todas as semanas, o deputado Fábio Faria está presente em Brasília e o seu trabalho é em benefício do Rio Grande do Norte, focado em levar recursos e ações para os municípios e para o Estado. Nos últimos dois anos, foi o parlamentar que mais conseguiu recursos para o RN. Somente em 2019, destinou R$ 49,3 milhões em emendas para mais de 50 municípios e presta contas, diariamente, através da mídia e das redes sociais, onde tem forte interação com a população", alega a assessoria do deputado.

Farra das passagens

Um outro fato curioso é que Fábio Faria foi o pivô do episódio da "farra das passagens aéreas" em 2009. Neste ano, o Congresso em Foco revelou que Fábio Faria usou dinheiro da Câmara para bancar viagens da apresentadora Adriana Galisteu, que na época era sua namorada, e sua mãe. Também usou a cota de passagens aéreas para transportar artistas até Natal para que eles prestigiassem o seu camarote no Carnaval.

Após a reportagem, ele reembolsou a Câmara. O caso fez parte da série conhecida como farra das passagens, que mostrou como quase todos os parlamentares utilizavam a verba do Congresso para viagens particulares e voos de familiares, amigos e cabos eleitorais. A série rendeu o Prêmio Esso e o Embratel/Tim Lopes ao Congresso em Foco. Depois disso, a Câmara mudou as regras para impedir que a cota fosse usada para viagens particulares ou de terceiros que não tenham relação com o exercício do mandato.


POLÍTICA

ECONOMIA

CAROL RIBEIRO RECOMENDA

Tags

95 FM Aeroporto Alex do Frango Allyson Bezerra ALRN Amélia Ciarlini APAMIM APRAM Beto Rosado Blog Carol Ribeiro Bolsonaro Bombeiros Brasil Câmara Federal Campanha Eleitoral Candidatos Carlos Eduardo Alves CEF Cenário Político Claudio Santos CMM Comentário Congresso Nacional Conversa de Alpendre Cultura Debate DEM Denúncia Deputados Estaduais Deputados Federais DETRAN-RN Dilma Roussef Direitos da Mulher Direitos Humanos Economia Educação Eleições 2016 Eleições 2018 Eleições 2020 Esporte Ezequiel Ferreira Fafá Rosado Fátima Bezerra Feminismo Fernando Mineiro Fora Temer Francisco José Junior Garibaldi Alves Gastos Públicos Governo do Estado Governo do RN Governo Federal Greve Guarda Municipal Gutemberg Dias Haddad Henrique Alves Herval Sampaio Horário Eleitoral Hospital da Mulher HRTM IFRN Impeachment Impugnação Infraestrutura Isolda Dantas Izabel Montenegro Jorge do Rosário Jório Nogueira Jornalista José Agripino Josué Moreira Justiça Criminal Justiça do Trabalho Justiça Eleitoral Justiça Federal Larissa Rosado Lava Jato LDO LOA Lula MCJ MDB Meio Ambiente Meio Dia Mossoró Michel Temer Ministério da Saúde Ministério Público Eleitoral Mossoró Mossoró Cidade Junina Movimento Estudantil MPF MPRN Mulher Natal/RN Nayara Gadelha Novo Eleitoral OAB Opinião Pagamento Paralisação PCdoB Pesquisa de Opinião Petrobras PF PHS Plenário TCM PM-RN PMDB PMM Polícia Civil Política Política cultural Política eleitoral Política social Políticas LGBTs Políticas Públicas para as Mulheres PR Presidência da República Prestação de Contas PREVI-Mossoró Previdência Social Prisão Propaganda Eleitoral PSB PSD PSDB PSL PSOL PT Reajuste Rede Redes Sociais Reforma da Previdência Renúncia Ricardo Motta RN Robinson Faria Rosalba Ciarlini Sandra Rosado Saúde Saúde da Mulher Secretária Estadual de Saúde Secretaria Estadual de Segurança Secretaria Municipal de Saúde Secretariado Segurança Senado Serviços Terceirizados Servidores Setor Salineiro SindGuardasRN Sindiserpum Sindsaúde/RN SINSP SINTE Solidariedade STF Styvenson Tapetão TCE-RN TCM Teatro Lauro Monte Tião Couto Tibau TJRN Trânsito e transporte TRE-RN TSE UERN UFERSA Vereadores Vice Violência contra a mulher