Fiern cria Grupo de Trabalho para pós-pandemia

A FIERN criou, em parceria com a Fecomércio, Faern, Fetronor, Sebrae e com a participação do Governo do Estado e de Universidades, no último sábado (18), um grupo de trabalho para discutir e apresentar ações estruturantes e estratégicas para recuperação e crescimento do Rio Grande do Norte, considerando o período da pós-pandemia.

O grupo irá atuar na concepção, discussão e sugestão de ações para a recuperação de empresas e o fortalecimento da economia potiguar quando a pandemia terminar e as atividades forem retomadas. Além disso, explica o coordenador do grupo de trabalho, o consultor José Bezerra Marinho Júnior, que também coordena o projeto MAIS RN, o Grupo terá caráter executivo em algumas áreas e, no tocante a medidas do poder público, atuará no acompanhamento da execução das propostas. O grupo funcionará no âmbito do Mais RN.

60% da economia do RN vem de micro e pequenas empresas
 (Imagem: IBC)

“O Grupo surgiu da decisão do presidente Amaro Sales em reunir os três eixos – setor produtivo, academia e governo – para discutir e planejar providências e decisões, com indicação de ações concretas que precisam ser tomadas para o período pós-pandemia. Como a injeção de recursos, no acesso ao crédito, priorizar áreas. Tendo em vista que 60% da economia do Rio Grande do Norte é formada por micro e pequenas empresas que precisarão de crédito para manter e retomar as atividades”, disse Marinho.

*Com informações da assessoria de imprensa

POLÍTICA

ECONOMIA

MULHER

CULTURA

CAROL RIBEIRO RECOMENDA