Vítima de Covid-19 desabafa e alerta sobre perigo da doença

"O vírus deixa de ser invenção quando acontece com alguma pessoa da própria familia. Eu aprendi que a dor tem tamanho e é do tamanho do amor". O depoimento é de Airton Castro, representante comercial, de 49 anos. Ele foi vítima de Covid-19, e viu todos da sua casa infectados.

Airton foi testado positivo no mês de março, teve sintomas leves, assim como uma irmã, que hoje se recupera em quarentena. Entretanto, sua mãe, de 84 anos está internada num hospital de Mossoró em estado grave. E uma outra irmã, de 42 anos, faleceu na manhã de hoje (21), sob suspeita de Covid-19 (ainda não se tem o resultado do exame).

Ele entrou em contato com o Blog Carol Ribeiro para divulgar um alerta sobre a seriedade do coronavírus. 

"A população acha que está de férias e sai pras ruas como se nada tivesse acontecendo. Não se preocupam de estar em fila de banco para receber a ajuda do governo sem proteção ou distanciamento. O Covid é real", desabafa.

Airton e sua irmã, Anaiza, falecida nesta terça-feira
(Foto: cedida)

Rede de saúde

Airton também relatou dificuldades de atendimento na rede pública de saúde. Sua mãe foi internada em hospital da rede particular por iniciativa dele, após oito horas em estado grave numa unidade de pronto atendimento, sem material para entubá-la. Segundo ele, um dos hospitais da rede pública não tinha vaga para recebê-la. 

Hapvida

O Hapvida emitiu, nesta terça-feira (21) uma nota sobre falecimento da paciente Anaiza Silva de Castro, irmã de Airton:

Nota à imprensa

É com muito pesar que o Hapvida comunica o falecimento de uma paciente de 42 anos, nesta terça-feira (21), no Hospital Mossoró. Em meio a todos os esforços possíveis para salvá-la, o óbito traz enorme tristeza para toda equipe médica e administrativa da unidade. Informamos que foi realizado exame para COVID-19, porém ainda aguardamos o resultado. Caso seja positivo, será comunicado imediatamente à Secretaria de Saúde do Estado.

Nota do Blog - O Blog Carol Ribeiro se solidariza lamenta e se solidariza com a família neste momento de perda. 

POLÍTICA

ECONOMIA

MULHER

CULTURA

CAROL RIBEIRO RECOMENDA