Previ Mossoró faz estudos para reforma da previdência do município

Compartilhar

Para novo presidente do Instituto de Previdência municipal "a reforma é praticamente inevitável"

(Foto: reprodução TCM)

As alíquotas deverão mudar, mas o município de Mossoró afirma que vai buscar amenizar a taxa em relação à Reforma da Previdência nacional, que determinou uma alíquota mínima de 14%. A definição pelos rumos de uma Reforma da Previdência Municipal deverá sair em breve e quem fez a afirmação foi o presidente do Previ Mossoró, Paulo Linhares, em entrevista ao Cenário Político (TCM Telecom), nesta terça-feira (02). 

Segundo Paulo, é necessário que haja uma legislação própria contemplando as mudanças que aconteceram na previdência brasileira, assim como fizeram o estado do RN e o município de Natal.

"Vamos acabar com a ideia de que a reforma é ruim para o servidor. O que nós vamos fazer é atenuar a situação do município, porque se a gente colocar a alíquota paga pelo município, não tem condições de pagar", afirma.

A Prefeitura ainda não segue nenhuma reforma realizada, nem a estadual, nem a federal, seguindo ainda o Regime Próprio dos Servidores de Mossoró (LC 60). 

Segundo o novo presidente, a gestão anterior chegou a fazer o projeto da reforma mas não enviou para a Câmara Municipal.

"Vamos tentar fazer uma coisa com menor impacto possível para o município e também para os servidores", garante Paulo Linhares.

Para ver trecho do programa clique aqui.

Compartilhar

0 comentários em "Previ Mossoró faz estudos para reforma da previdência do município"

Postar um comentário

Postagens anteriores → ← Postagens mais recentes
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
CAROL RIBEIRO RECOMENDA