Sindicato emite repúdio sobre fala de Raério Araújo contra vereadora

Compartilhar

Raério Araújo disse que parlamentar "podia latir"; entidade cita "necessidade de autoafirmação de ser um macho-alfa"

(Foto: arquivo)

No meio de uma discussão generalizada, o vereador Raério Araújo (SDD) foi defender o prefeito quando a vereadora Marleide Cunha Cunha (PT) criticou a presença do gestor em sala de cirurgia durante a sessão ordinária desta quarta-feira (13), na Câmara Municipal. Veja abaixo:

(Fonte: instagram da vereadora Marleide Cunha)

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sindiserpum), entidade que já foi presidida por Marleide, emitiu uma dura nota de repúdio ao vereador. Leia abaixo:

A fúria do “destemido” Raério em defesa da prefeitura - Uma nota de Repúdio

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sindiserpum) repudia a agressão sofrida pela sua Diretora de Formação Sindical Marleide Cunha, vereadora e mulher, acima de tudo e cobra do vereador Raério Araújo uma retratação aos seus arroubos de agressividade, incompatíveis com a função de um homem que se diz “representante do povo”.    

Não é dever de um vereador eleito pelo povo defender os feitos e/ou desfeitos do gestor público, mas fiscalizar suas ações e cobrar melhorias para a população. Não é nenhuma novidade, nem aqui, nem alhures ver edis cooptados por cargos e benesses se agarrarem a quem se assenta na cadeira de mandatário do Executivo e cegar para os objetivos para os quais foram eleitos.

Ver o vereador Raério Araújo vociferar defendendo o indefensável ao ponto de agredir verbalmente uma mulher, taxando-a de cachorra, quando diz que ela “pode latir”, bradar insistentemente que “não tem medo de ninguém”, como fosse uma tentativa de autoafirmação de ser um macho-alfa é, no mínimo, revoltante.

Acho que nem o próprio prefeito Alysson Bezerra imaginaria, durante sua campanha que teria um defensor tão ferrenho dos seus atos dentro da Câmara e, da sensatez à ignorância, Raério simplesmente ascendeu feito um foguete. Rude, ríspido, agressivo, cuspidor de ódio, tudo em defesa do prefeito, não do povo, nunca do povo. Aos olhos do “destemido” Raério, se o prefeito fizer, está feito e está certo. Se assemelhando a uns sanguessugas que até ontem ele criticava e que hoje estão sentados ao seu lado, aprendeu rápido a lição, está se perdendo a olhos vistos. Triste para um homem público, lastimável para qualquer ser humano.

Compartilhar

0 comentários em "Sindicato emite repúdio sobre fala de Raério Araújo contra vereadora"

Postar um comentário

Postagens anteriores → ← Postagens mais recentes
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
CAROL RIBEIRO RECOMENDA