Apesar de criticar Fábio Dantas, falta de votos é motivador de saída de Haroldo Azevedo da disputa eleitoral

Compartilhar

Haroldo Azevedo (Patriota) já havia circulado por mais de 100 cidades do Rio Grande do Norte como pré-candidato ao Governo do Estado, mas desistiu.

(Foto: web)

A desistência do empresário, bolsonarista, foi anunciada nesta terça-feira (18). Em texto publicado nas redes sociais, Haroldo criticou a escolha do grupo pelo nome de Fábio Dantas (SDD), e previu a derrota de Bolsonaro e do pré-candidato local: 

"Vejo que meu nome e minha história de vida não cabem e nem combinam com a velha política e com os que se dizem novos, mas que estão agindo com as mesmas práticas…A ala bolsonarista continua sem entender como o presidente Jair Bolsonaro irá respaldar candidaturas originárias na esquerda…A permanecer esse cenário, fatalmente Bolsonaro terá uma derrota acachapante no RN, bem como os que se dizem seus candidatos".

O empresário gostaria de ter sido o escolhido pelo bolsonarismo para encabeçar a campanha majoritária, mas o fato é que, com candidatura colocada desde novembro do ano passado, não conseguiu alcançar um dígito nas pesquisas, aparecendo com não mais que 1% das intenções de votos.

Já Fábio Dantas (SDD), com suas articulações, apareceu com 10% na primeira pesquisa em que seu nome foi colocado, no dia 7 de maio. Na mais recente, publicada nesta quarta-feira (18), apareceu com 11,6%.  

Veja nota completa publicada por Haroldo Azevedo, anunciando desistência:

Iniciei uma jornada pelo RN em maio de 2021. Percorri quase 38.000 km concedendo entrevistas em rádios, televisões, blogs e mídias sociais, em quase 100 municípios…encontrei um estado rico, com imenso potencial adormecido, mas praticamente falido…Infelizmente a maioria dos candidatos ao governo ou senado não pensam no RN e sim em seus interesses…Alguns sequer conseguirão registrar suas candidaturas, meio a tantos processos… Algumas circunstâncias praticamente me obrigaram a tomar essa inevitável e irreversível decisão. O apelo dos meus filhos e amigos, que por conhecerem minha índole, integridade e biografia, sabem que eu jamais comungaria dos mesmos modus operandi … Vejo que meu nome e minha história de vida não cabem e nem combinam com a velha política e com os que se dizem novos, mas que estão agindo com as mesmas práticas…A ala bolsonarista continua sem entender como o presidente Jair Bolsonaro irá respaldar candidaturas originárias na esquerda…A permanecer esse cenário, fatalmente Bolsonaro terá uma derrota acachapante no RN, bem como os que se dizem seus candidatos…..Tinha ideia que a política era um jogo sujo…Existe ainda uma minoria séria e trabalhadora, que luta pelos seus ideais…Meu maior erro talvez tenha sido sonhar com um estado livre das amarras impostas por uma corrupção sistêmica…Pretendia entrar na vida pública como forma de ajudar meu povo e de agradecimento a Deus…Vou cuidar do que sempre fiz: trabalhar nas áreas empresariais em que atuo, principalmente na construção e incorporação de imóveis; radiodifusão e participações societárias …Passei pela política para fazer apenas e somente o correto, honesto…Tenho agradecimentos especiais a fazer, afora meus filhos maravilhosos: Ao presidente Marcel Vital; ao ex-deputado estadual e amigo José Adécio Costa; ao radialista Júlio Cesar Nascimento e ao motorista  Jefferson Silva, responsável pelas nossas vidas ao volante pelas estradas do nosso RN……Um agradecimento especial a todas as pessoas que acreditaram em mim…Essas lideranças são formadas por pessoas honestas, conservadoras, comprometidas e ávidas por escrever uma nova história.

Compartilhar

0 comentários em "Apesar de criticar Fábio Dantas, falta de votos é motivador de saída de Haroldo Azevedo da disputa eleitoral"

Postar um comentário

Postagens anteriores → ← Postagens mais recentes
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
CAROL RIBEIRO RECOMENDA