Banner CMM

quinta-feira, 8 de junho de 2017

Justiça do RN determina afastamento de Ricardo Motta do cargo de deputado estadual

Compartilhar
Rafael e Ricardo Motta em campanha nas
Eleições Gerais 2014
O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, através de decisão do desembargador Glauber Rêgo, acabou de suspender as atividades parlamentares do deputado estadual Ricardo Motta (PSB) pelo prazo de 180 dias.

O magistrado acatou pedido feito pelo Ministério Público do RN em processo que o parlamentar é investigado em um esquema de desvio de verbas públicas no IDEMA - Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente.

De acordo com a decisão, o parlamentar do PSB está também proibido de ter acesso e frequentar a sede da Assembleia Legislativa do RN (AL-RN), bem como utilizar os serviços provenientes do exercício de seu mandato.

Ricardo Motta já foi presidente da AL-RN e é pai do deputado federal Rafael Motta (PSB).