terça-feira, 4 de julho de 2017

"Eu fiz o que nenhum outro governador fez", diz Robinson Faria sobre sua gestão em segurança

Compartilhar
Na última sexta-feira (30), o governador Robinson Faria foi o entrevistado do programa Cenário Político, da TV Cabo Mossoró. Ele fez uma explanação geral sobre projetos do Governo e explicações aos servidores e restante da população sobre pendências da gestão.

Hospital da Mulher

Anunciando investimentos de cerca de R$ 200 milhões em Mossoró, advindos de recursos próprios e convênio com o Banco Mundial, o governador garantiu a volta a Mossoró em 30 dias para assinar a ordem de serviço do Hospital da Mulher, que deve ser denominado Hospital da Mulher dr Milton Marques Medeiros, e custar cerca de R$ 100 milhões.

Teatro Lauro Monte

O teatro Lauro Monte deve ter obras de reforma inciciadas em no máximo 30 dias, com um investimento de R$ 3,5 a 5 milhões.

Ronda Cidadã

Robinson citou redução de 24% de homicídios e 48% de roubos e furtos nas áreas em que o programa atua. 

Governador da Segurança

"Eu fiz o que nenhum outro governo fez", afirma Robinson Faria  sobre a destinação de 14,7% do orçamento em segurança. Ele lista os feitos da gestão na área: promoção 6.500 policiais militares "para devolver a motivação", perspectiva de enviar para a Assembleia Legislativa as mudanças na legislação reivindicadas pela categoria, investimento de mais de R$ 15 milhões, mudança do CIOSP de sistema analógico para digital, investimento de R$ 650 mil de diárias operacionais para reforço militar no MCJ e reforma do presídio de Alcaçuz para presídio de segurança máxima.

Servidores

"O maior defensor do servidor público, dos pensionistas, ativos e inativos é o governador do Rio Grande do Norte", diz Robinson lembrando que estaria autorizado por órgãos de controle, que abriram inquérito contra o governador pelo descumprimento do limite prudencial, a demitir servidores, mas que está sendo punido por improbidade administrativa por não demitir os trabalhadores estaduais. 

Executivo e demais Poderes

Segundo o governador, os poderes da Paraíba têm um peso menor no orçamento estadual que o RN. De acordo com Robinson, aqui é algo em torno de 20%, quase o dobro do estado vizinho. "Convoquei os poderes para diminuir esses repasses. Já houve reduções proporcionais à arrecadação. Ate o final do mandato teremos ajustes interessantes".

Líder governista condenado

Robinson garante que a condenação à prisão do deputado estadual Disson Lisboa "não gera incômodo". "Deputado Disson foi o melhor prefeito de Goianinha até hoje, houve alguns erros judiciais no decorrer do processo, há uma sentença, mas ainda existem recursos. Enquanto ele tiver direito aos recursos eu não estou aqui para julgar ninguém", diz.

Aeroporto

O aeroporto foi cercado, recuperado, e teve a estação de passageiros reformada. O chefe do Executivo estadual afirma que o raio-x e outros equipamentos que  a ANAC exige para adequação aos vôos comerciais estão sendo comprados. "Vamos entregar esse ano ainda".

Eleições de 2018

"Não vim a Mossoró para fazer política. Estou pensando em gestão, e não em eleição. A eleição é uma consequência". Robinson diz que se for candidato à reeleição, Juliane Faria poderá ser apresentada como candidata a deputada estadual: "É um nome revelação do meu governo como gestora".

Assista à entrevista completa nos vídeos abaixo:


Entrevista exibida em 30/06/2017 - Parte 1

Entrevista exibida em 30/06/2017 - Parte 2

Entrevista exibida em 30/06/2017 - Parte 3