Ajuda financeira de Temer gera críticas de chefia de gabinete do Governo Robinson

Do Blog de Rosalie Arruda

Foi publicado no DOU do dia 13 de outubro o texto da Medida Provisória que dispõe sobre a prestação de auxílio financeiro, pela União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios, relativo ao exercício de 2016.

A "ajuda" tem por objetivo fomentar as exportações do país.


Pra variar, o montante que o RN vai receber desse repasse (quase 2 bilhões de reais) corresponde a apenas 0,49% do total. A maior parte do bolo coube aos estados de Mato Grosso (20,09%) e Minas Gerais (16,42%). 

A secretária do Gabinete Civil do governo Robinson Faria, Tatiana Mendes, criticou pelo twitter a divisão dos recursos. "Entraram, depois que estiveram reunidos com Temer, e agora saem com a parte deles, beneficiados. N e NE excluídos".

Tatiana também cobrou da bancada federal uma mobilização sobre o assunto: "Sinto falta de um posicionamento efetivo da nossa bancada federal. São três senadores e oito deputados que precisam cobrar igual tratamento".

Nota do Blog - Esses tweets da secretária são sinais de que mais arrochos vem por aí. E a PEC 241 nem foi aprovada ainda...

Marcadores

Mostrar mais

POLÍTICA

ECONOMIA

MULHER

CULTURA

CAROL RIBEIRO RECOMENDA