Rio Grande do Norte se mobiliza para ato #elenão

sexta-feira, 28 de setembro de 2018

Em Mossoró, evento deve reunir mulheres de partidos
e ideologias diferentes
Acompanhando movimento nacional de Mulheres contra Bolsonaro, que deve acontecer em quase 50 cidades do país, o Rio Grande do Norte também deve realizar, neste sábado (29), atos em protesto ao candidato à presidência da República.

Em Mossoró, o movimento acontecerá a partir da 9h, com concentração em frente à praça do Pax. O movimento vai percorrer as ruas do centro da cidade e seguir até o teatro Dix-Huit Rosado.

Em Natal, o ato 'Mulheres Unidas contra Bolsonaro' acontece às 15h, em frente ao shopping Midway. A página do evento no Facebook aponta cerca de 15 mil presenças confirmadas ou em interesse.  

Já em Caicó, o protesto começa às 8h, na Praça da Alimentação. O movimento #elenão convoca as caicoenses a lutarem contra as "divergências morais" em relação ao candidato. 

Mulheres contra Bolsonaro

O movimento de mulheres contra Jair Bolsonaro, que ganhou as redes sociais após a criação de um grupo no Facebook que já conta com mais de 2 milhões de integrantes, sairá às ruas no Brasil e em algumas cidades pelo mundo no próximo sábado, 29, para manifestar repúdio ao candidato à Presidência pelo PSL.

As criadoras do evento lutam contra declarações e comportamentos classificados como "misóginos, machistas, homofóbicos e racistas" de Jair Bolsonaro.

A hashtag #EleNão usada pelo movimento ganhou apoio de artistas nacionais e internacionais, como Daniela Mercury, Anitta, Deborah Secco, MC Loma e a cantora inglesa Dua Lipa.

Comitê de campanha de Fátima Bezerra é alvo de busca e apreensão

(Foto: Blog do BG)
Do Agora RN

O comitê de campanha da candidata do PT ao Governo do Estado, Fátima Bezerra, foi alvo de um mandado de busca e apreensão no início da tarde desta sexta-feira (28). O mandado foi cumprido por agentes do Ministério Público Eleitoral. A informação foi confirmada ao Agora RN pela assessoria da candidata.

A reportagem ainda não teve acesso ao teor do mandado, mas a campanha da petista é alvo de uma representação na Justiça Eleitoral formulada pelo candidato do PDT ao Governo, Carlos Eduardo Alves. Na última quarta-feira, 26, a Justiça havia negado o mandado de busca e apreensão, mas Carlos Eduardo entrou com recurso na manhã de hoje, conforme a última movimentação disponível para consulta pública no processo.

O pedetista acusa a campanha adversária de distribuir materiais gráficos que apresentam o ex-presidente Lula (PT) como candidato ao Planalto. Lula teve a candidatura barrada após decisão do Supremo Tribunal Federal, que enquadrou o petista na Lei da Ficha Limpa. Lula está preso em Curitiba cumprindo pena de 12 anos e um mês de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do tríplex do Guarujá.

Com Lula barrado, o PT apresentou Fernando Haddad como candidato à presidência da República.

Confira o que é o voto proporcional

Os candidatos que concorrem a deputado federal, estadual/distrital e a vereador obtêm seus mandatos mediante o sistema proporcional. Nela, é o partido/coligação que recebe as vagas, e não o candidato. No caso, o eleitor escolhe seu candidato entre aqueles apresentados por um partido político ou coligação.

Com relação às coligações, elas apresentam lista única com o nome de todos os candidatos dos vários partidos que a compõem.

Porém, quando diversos partidos formam uma coligação (que passa a ser tratada legalmente como se fosse um partido único), não é criada uma legenda própria (ou um número que represente a coligação inteira). Nela, os partidos conservam a sua nomenclatura e seus números próprios.

No entanto, os eleitores que votam no número de seu partido em eleição pelo sistema proporcional emprestam seus votos para a coligação a que a legenda pertencer. Isso porque o cálculo do quociente eleitoral é feito com base em todos os votos recebidos pelos candidatos e pelos partidos que compõem a coligação.

Voto legenda

O voto em legenda pode ser dado ao partido somente no sistema proporcional. Se o eleitor desejar votar apenas no partido, sem especificar qual dos candidatos da legenda ele busca eleger, basta ele digitar os dois primeiros algarismos do número do candidato, que representam justamente o número da agremiação política.

*Com informações do TSE

Veja como funciona o sistema majoritário de votação

Os candidatos que concorrem às eleições no Brasil, dependendo do cargo em disputa, são eleitos por meio de dois sistemas diferentes: o majoritário e o proporcional.

Aqueles que almejam os cargos de presidente da República, governador de Estado, prefeito e senador elegem-se pelo sistema majoritário.

Nos pleitos pelo sistema majoritário, é eleito o candidato que obtém o maior número de votos válidos, ou seja, aqueles que são dados aos concorrentes ao cargo, excluídos os votos em branco e os nulos.

Segundo turno

No caso das eleições para a Presidência da República e para governador de Estado, se nenhum dos candidatos alcançar metade mais um (maioria absoluta) dos votos válidos em primeiro turno, a legislação determina que os dois mais votados disputem um segundo turno, sendo eleito o que obtiver, nessa nova etapa, a preferência do eleitorado. Ou seja, o maior número de votos válidos.

Grande parte das eleições para prefeito, que ocorrem também pelo sistema majoritário, é definida no primeiro turno da eleição, sendo escolhido o candidato mais votado (por maioria simples) para o cargo. 

O segundo turno só acontece nos municípios com mais de 200 mil eleitores, quando nenhum dos candidatos consegue metade mais um dos votos válidos no primeiro turno. Nesse caso, os dois candidatos mais votados disputam o segundo turno. Nas Eleições de 2016, 55 cidades do país realizaram segundo turno para eleger seus prefeitos.

Senado

Também no pleito majoritário para o Senado Federal, é eleito o candidato que recebe o maior número de votos válidos. Nas Eleições de 2018, cada um dos 26 estados mais o Distrito Federal elegerá dois senadores, totalizando 54 vagas em disputa no país. Ou seja, os dois candidatos mais votados para o cargo em cada estado e no DF serão os eleitos no dia 7 de outubro. Não há segundo turno numa eleição para senador.

*Com informações do TSE

Vereadores da oposição alegam que Porcelanatti é motivo de esvaziamento de sessão

quinta-feira, 27 de setembro de 2018

(Foto: Edilberto Barros/CMM)
A bancada da oposição, formada por seis vereadores, afirma que as sessões desta semana na Câmara Municipal não aconteceram por um esvaziamento proposital por parte do governismo.

Segundo os vereadores Isolda Dantas (PT) e Raério Araújo (PRB), os governistas estão evitando um embate sobre a Porcelanatti.

Ocorre que os oposicionistas afirmam que vão buscar respostas sobre a "inauguração da fábrica", alegada pela prefeita Rosalba Ciarlini como motivo de atraso na última sessão solene na casa legislativa - e também utilizada pela Prefeita em movimentações eleitorais pela cidade.

Os vereadores garantem que a fábrica não está funcionando, e que opera somente com nove funcionários, o que seria insuficiente para um processo de produção industrial.

Governismo

Já o líder da bancada governista, Alex Moacir (MDB) afirma que não existe qualquer relação entre a ausência de vereadores às sessões desta semana e uma tentativa de barrar movimentação planejada pela bancada opositora.

Ele explica que se tratam de demandas da população, que são atendidas pela maioria dos vereadores e que às vezes acontecem no horário das sessões.

Porcelanatti

O vereador Alex Moacir esclarece que a Pocelanatti não foi inaugurada, mas reativada. Segundo ele, seu funcionamento vai crescer paulatinamente, de acordo com organização e estruturação. E novos funcionários serão contratados para reativação definitiva em breve.   

Partido da coligação de Robinson declara apoio à candidatura de Garibaldi Filho

(Foto: divulgação)
A campanha de reeleição do senador Garibaldi Filho (MDB-RN), candidato pela coligação 100% RN, recebeu o apoio do Partido Popular Socialista (PPS/RN), na manhã desta quinta-feira (27), em Natal.

A reunião com Garibaldi contou com a presença do presidente estadual do PPS, Wober Júnior, os representantes do diretório, Laura Helena, Alexandre Chaves, Dilermando Mota Filho, Alexandre Gusmão e o candidato a deputado federal Geraldo Ferreira (PPS).

Este não é o primeiro partido da coligação "Trabalho e Superação" - que é base da candidatura de Robinson - a pender para o outro lado e apoiar as candidaturas da coligação de Carlos Eduardo. 

Grupo de Sandra Rosado define apoio a Garibaldi

Larissa, Garibaldi e Sandra em 2012: aliança tradicional
(Foto: web)
Do Blog Saulo Vale

O grupo da vereadora mossoroense Sandra Rosado (PSDB) definiu apoio à reeleição do senador Garibaldi Filho (MDB). O anúncio foi feito pela deputada estadual Larissa Rosado (PSDB) em evento realizado na noite desta quarta-feira (26), em Mossoró. O evento contou com a participação do médico Bernardo Rosado, suplente de Garibaldi.

O outro nome ao Senado sempre foi de Geraldo Melo (PSDB).

A costura foi feita pelo próprio Garibaldi, que cuidou de amenizar o atrito entre a vereadora Sandra Rosado e a líder emedebista em Mossoró, desafeta Izabel Montenegro. Não que a rivalidade seja página virada.

Pesou também o apoio do médico Bernardo Rosado, que tem pedido voto para reeleição de Larissa.

Prefeitura anuncia início do repasse do FGTS após homologação de acordo com servidores

Em despacho proferido no dia 21 desse mês, a juíza Laiza Manica, homologou o acordo para pagamento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) dos servidores do Município de Mossoró que prestaram serviço no período de 01 de setembro de 1977 a 31 de setembro de 1991.

A previsão é de que em 30 dias esses servidores comecem a receber o valor referente aos repasses do FGTS desse período.

A Prefeitura deve liberar quase R$ 5 milhões para os servidores de forma individualizada. Com a homologação do acordo, e após muita delonga para envio de dados ao banco, a relação dos servidores será entregue pela Prefeitura à Caixa Econômica em um prazo de 10 dias.

Principal envolvida na “Canastra Real” é exonerada da AL

quarta-feira, 26 de setembro de 2018

Ana Augusta continua presa (Foto: web)
Do Blog Carlos Santos

Após mais de uma semana de eclosão da “Operação Canastra Real”, finalmente a Assembleia Legislativa do RN exonera Ana Augusta Simas Aranha Teixeira de Carvalho.

Ela foi presa à semana passada (segunda-feira, 17) como principal investigada em mais um caso de desvio milionário nesse poder, com uso de “servidores fantasmas”.

Ana foi exonerada do cargo de Chefe de Gabinete da Presidência da AL. O ato da Mesa Diretora está no Diário Oficial Eletrônico da AL dessa quarta-feira (26).

A exonerada é ex-presidente da Câmara Municipal em Espírito Santo (RN), região Agreste, onde tem uma filha como vereadora. Seu marido Fernando Teixeira (PSDB) é o atual prefeito. Na Operação Canastra Real, ele foi preso também, mas por porte ilegal de armas. Pagou fiança e ganhou liberdade.

Prisão temporária

Já Ana Augusta teve sua prisão temporária reiterada, passando de cinco para dez dias. A princípio, havia pedido de “prisão preventiva” contra ela, o que não foi acolhido pelo juiz Raimundo Carlyle da 3ª Vara Criminal do Natal.

Nessa terça-feira (25), quem foi exonerado foi outro implicado no desvio que a princípio passa de R$ 2,4 milhões, Luiz Gonzaga Meira Bezerra Neto. Detinha cargo em comissão de Diretor Geral da Presidência.

Esse escândalo é investigado pelo Ministério Público do RN (MPRN).

Pela segunda vez consecutiva, Câmara de Mossoró não tem sessão por falta de vereadores


A Câmara Municipal de Mossoró não teve sessão ordinária mais uma vez hoje (26). O motivo foi a falta de quórum - requisito que determina o mínimo de um terço dos vereadores presentes para iniciar a sessão. O mesmo aconteceu na sessão de ontem (25).

Na contagem de presença hoje estavam apenas os vereadores Emílio Ferreira (PSD), Isolda Dantas (PT), Izabel Montenegro (MDB), João Gentil (sem partido), Maria das Malhas (PSD), Petras Vinicius (DEM) e Raério Araújo (PRB).

A sessão ainda teve duas participações no pequeno expediente, mas logo foi interrompida pq os poucos vereadores já não estavam mais no plenário.

*Atualizada às 19h51

Espetáculo Auto da Liberdade retrata episódios históricos de Mossoró esta semana

terça-feira, 25 de setembro de 2018

O tradicional espetáculo Auto da Liberdade estreou nesta segunda-feira (24) e segue nestas terça (25), quarta (26) e sexta-feira (28), em Mossoró.

O Auto da Liberdade conta, em quatro atos, fatos históricos que enaltecem a cultura da cidade. Este ano, mais uma vez, o espetáculo será encenado no palco do Teatro Municipal Dix-huit Rosado, com direção de Marcos Leonardo e coreografia de Roberta Schumara, com participação de 40 atores e bailarinos.

Doações

O evento é aberto para a participação do público nos três primeiros dias, mediante a troca de um quilo de alimento não perecível pelo ingresso, na recepção do Teatro Municipal Dix-huit Rosado, sempre a partir das 14h.

Serão disponibilizados ingressos para os 24, 25 e 26, visto que o espetáculo do dia 28 será exclusivamente para o público da Assembleia da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, que neste dia comemora 50 anos da instituição.

Os alimentos arrecadados serão entregues a instituições de caridades da cidade.

Ministério Público entrega propostas de "soluções definitivas" aos candidatos ao governo do RN

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) vai entregar uma Agenda Propositiva aos candidatos ao Governo do Estado nas eleições deste ano. A Agenda apresenta uma série de pontos que devem ser melhorados na seara das políticas públicas. 

Saúde estadual é um dos pontos tratados no documento
elaborado pelo MP (Foto: web)
A Agenda mostra pontos que podem – e devem – ser melhorados em relação à Segurança Pública, Saúde, Patrimônio Público, Infância e Juventude, Cidadania/Inclusão e Meio Ambiente.

“Sabemos das dificuldades por que passam as economias local e nacional. Desde sempre, o Ministério Público de Rio Grande do Norte tem se colocado à disposição para parcerias institucionais com os poderes do Estado do RN, independente da sigla partidária dos respectivos gestores. Embora parceiro, não fraquejamos na defesa da sociedade e da aplicação das leis”, completou Eudo Leite, procurador Geral de Justiça do RN.

A solenidade de entrega será às 15h30 desta quinta-feira (27), na sede da Procuradoria Geral de Justiça (PGJ), em Natal.

Os oito candidatos ao Governo do Estado foram convidados para o evento desta quinta-feira. A imprensa terá livre acesso para cobertura da solenidade.

Assembleia exonera um envolvido na “Canastra Real”

Em 2016, sindicatos fizeram protestos em frente à AL
com alegoria a fantasmas (Foto: web)
Do Blog Carlos Santos

A Assembleia Legislativa do Rio  Grande do Norte, por ato de sua Mesa Diretora, exonerou um dos envolvidos na “Operação Canastra Real”, caso de corrupção na Casa com produção de “servidores fantasmas”.

Foi exonerado do cargo em comissão de Diretor Geral da Presidência, Luiz Gonzaga Meira Bezerra Neto.

Ele aparece em investigação do Ministério Público do RN (MPRN), ao ser deflagrada essa operação no último dia 17. Houve pedido de busca e apreensão que o alcançou em endereço residencial no bairro Tirol, em Natal.

O nome de Luiz Gonzaga já tinha surgido em outro escândalo anterior, a “Operação Dama de Espadas”, também com uso de servidores fantasmas para desvio de recursos que passam de R$ 9,5 milhões em números atualizados.

Prazo para retirar segunda via do título termina quinta-feira

Termina nesta quinta-feira (27), dez dias antes do primeiro turno do pleito, o prazo para o eleitor solicitar a segunda via do título no cartório eleitoral da zona onde está cadastrado. A previsão consta no artigo 52 do Código Eleitoral.

É importante ressaltar que, para a emissão da segunda via do título, o eleitor deve estar quite com a Justiça Eleitoral, ou seja, não poderá ter débitos pendentes, como multas por ausência às urnas ou aos trabalhos eleitorais, como o de mesário, ou ainda ter recebido multas em razão de violação de dispositivos do Código Eleitoral e leis conexas.

Outros documentos

O título de eleitor não é o único documento que possibilita a participação nas eleições. O eleitor pode se apresentar à mesa de votação trazendo consigo qualquer documento oficial com foto, como a carteira de identidade, carteira de trabalho, carteira de motorista ou o passaporte, por exemplo.

O cidadão cuja inscrição eleitoral estiver em situação regular tem como alternativa ao título de papel a versão digital do documento, que pode ser obtida gratuitamente por meio do aplicativo e-Título, disponível para dispositivos móveis nas lojas virtuais Apple Store e Google Play.

Os eleitores que perderam o prazo final do alistamento, no dia 9 de maio, não poderão votar nas Eleições de 2018. Essa foi a data limite para requererem inscrição eleitoral, transferência de domicílio, alteração de título eleitoral ou transferência para seção eleitoral especial (eleitores com deficiência ou mobilidade reduzida).

*Com informações do TSE

Debate com candidatos a vice-governador acontece hoje em Mossoró

A partir das 20h, cinco candidatos a vice-governador vão se enfrentar em seu primeiro debate eleitoral.

Realizado pela Associação Comercial e Industrial de Mossoró (ACIM), Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Sindicato do Comércio Varejista de Mossoró (SINDVAREJO) e Sindicato da Construção Civil (SINDUSCON), o "Conversa Franca" terá a participação dos candidatos de partidos com representação na Câmara Federal.

Devem participar Antenor Roberto (PT), Cida Dantas (PSOL), Kadu Ciarlini (PP), Sergio Leocádio (PSC) e Tião Couto (PR).

Com quatro blocos, o programa terá dois blocos destinados a perguntas elaboradas pelas entidades e dois blocos para o debate entre candidatos.

O Conversa Franca será transmitido ao vivo pela TV Cabo Mossoró (TCM), através do Canal 10, pelo site ou pelo aplicativo TCM10Play.

Média das pesquisas: Possibilidade de segundo turno no RN é cada vez mais real

segunda-feira, 24 de setembro de 2018

Do Blog do Barreto

A cada pesquisa publicada o Blog do Barreto atualiza a média das pesquisas. O mês de setembro começou com possibilidade real de vitória de Fátima Bezerra (PT) no primeiro turno.

Muito embora ela tenha crescido nas intenções de voto o principal adversário dela, o ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves (PDT), cresceu ainda mais. Até o impopular governador Robinson Faria (PSD) apresentou melhora nas pesquisas tornando a possibilidade de segundo turno mais real.

Na média das pesquisas Fátima tem 34,7% e a soma de todos os adversários tem 34,3%. Ela tem apenas 0,3% a mais o que indica imprevisibilidade quanto ao resultado.

À noite o Blog do BG divulga a nova rodada do Instituto Seta, atualizando os dados. Esta página atualizará a média das pesquisas amanhã.

Confira a média das pesquisas

Governo

Candidato Consult Seta Opine Ibope Certus Média
Fátima Bezerra 32% 32% 34,60% 39% 36,24% 34,70%
Carlos Eduardo Alves 17,65% 16% 18,30% 25% 21,21% 19,60%
Robinson Faria 10,53% 12% 9,10% 13% 10,43% 11%
Brenno Queiroga 1,18% 1% 0,80% 3% 1,99% 1,50%
Carlos Alberto 0,65% 0 0,80% 2% 1,91% 1%
Dário Barbosa 0,24% 0 0,20% 1% 0,43% 0,30%
Freitas Jr. 0,12% 0 0,10% 1% 0,43% 0,50%
Heró Bezerra 0,12% 1% 0,10% 1% 0,21% 0,40%
Nenhum 22,65% 32% 17,70% 11% 19,65% 20,60%
Não sabe 14,88% 6% 18,60% 5% 7,52% 10,40%


Média das pesquisas: primeiro e quarto colocado na disputa para o Senado estão separados por 6,5%

Corrida ao Senado no RN tem quatro nomes
em acirramento (Foto: Agência Brasil)
Do Blog do Barreto

A disputa pelas duas vagas ao Senado no Rio Grande do Norte possui quatro candidatos competitivos: capitão Styvenson Valentim (REDE), o senador Garibaldi Alves Filho (MDB), a deputada federal Zenaide Maia (PHS) e o ex-senador Geraldo Melo (PSDB).

A maior média é a do capitão Styvenson Valentim com 23,5%. O quarto colocado é Geraldo Melo com 16%. Entre eles estão Garibaldi e Zenaide com respectivamente 19,3% e 17,7%.

Senado

Candidato Consult Seta Opinião Ibope Certus Média
Capitão Styvenson 27,29 21% 21,10% 27% 21,35% 23,50%
Garibaldi Alves 20,94% 14% 18,50% 21% 22,29% 19,30%
Zenaide Maia 17,29% 13% 16,50% 25% 17,09% 17,70%
Geraldo Melo 14,42% 9% 17,30% 20% 19,35% 16%
Antônio Jácome 6,18% 5% 5% 13% 7,64% 7,30%
Magnólia Figueiredo 3,59% 2% 2% 4% 3,19% 2,90%
Alexandre Mota 1,65% 1% 3,30% 5% 2,38% 2,60%
Outros 2,25% 4% 2,90% 12% 5,70% 5,37%
Nenhum 57,30% 94% 54% 45% 23,05% 54,67%
Não sabe 49,12% 37% 58,90% 27% 20,11% 38,40%

*A soma dos candidatos ao Senado dá 200% porque são duas opções de votação.
Postagens anteriores → ← Postagens mais recentes
CAROL RIBEIRO RECOMENDA