segunda-feira, 22 de outubro de 2018

Partidos em disputa no RN receberam orientação da Justiça sobre irregularidades e desavenças no 2º turno

Compartilhar
O Ministério Público Eleitoral repassou aos representantes do Partido Democrático Trabalhista (PDT), do Partido dos Trabalhadores (PT) e do Partido Social Liberal (PSL) orientações quanto ao segundo turno das eleições no Rio Grande do Norte. 

Os três partidos possuem candidatos à Presidência da República (PT e PSL) ou ao governo do estado (PDT e PT) e seus representantes se reuniram com a procuradora regional eleitoral, Cibele Benevides, entre a quinta-feira (11) e sexta-feira (19).

Derramamento de santinho foi uma das pautas das reuniões
(Foto: web)
Nas reuniões, os integrantes do MP Eleitoral reforçaram a segurança do sistema de votação que é utilizado pela Justiça Eleitoral brasileira e pediram que os partidos se esforcem no sentido de evitar o aumento do clima de hostilidade entre seus militantes ou eleitores.

Também foram dados alertas quanto a ilegalidades repetidas por alguns candidatos e cabos eleitorais no dia 7 de outubro – quando da votação do primeiro turno – como a compra de votos, transporte ilegal de eleitores e o derramamento de santinhos próximo aos locais de votação, o chamado “Voo Noturno”.

Os procuradores se colocaram à disposição para receber denúncias de possíveis irregularidades que os fiscais de cada legenda observem, tanto durante a campanha, quanto especificamente no dia 28, e garantiram que o MP estará atento para assegurar o bom andamento da “festa da democracia”.

*Com informações do MPE/RN