segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Prefeitura de Mossoró noticia descumprimento da APAMIN sobre transparência

Compartilhar
Depois da Associação de Assistência e Proteção à Maternidade e Infância de Mossoró (APAMIM) denunciar falta de repasses da Prefeitura às cooperativas médicas, da Justiça bloquear pela 15ª vez os recursos do município para os repasses, e do Executivo municipal responder questionando destinação de dinheiro pela Associação, agora a gestão municipal denuncia descumprimento da APAMIN de determinação sobre transparência.

Segundo a secretaria de Comunicação da PMM, em decisão de junho deste ano, a Justiça determinou que a APAMIM divulgue o detalhamento dos dados financeiros mensalmente, com prazo estipulado até o 15° dia do mês subsequente. No entanto, as informações ainda não foram atualizadas no Portal da Transparência.

“(…) visando ao desafogamento deste processo e ao aprimoramento desta intervenção, determino à APAMIM que, através de site ou meio eletrônico adequado, a ser criado no prazo de 30 (trinta) dias, promova ali a devida prestação de contas, a qual deverá ser atualizada mensalmente, até o 15º dia útil do mês subsequente”, detalha o despacho publicado em junho.

APAMIM

A Associação justificou, no programa Meio-Dia Mossoró, da 95 FM TCM desta segunda-feira (12), que vem alimentando o site da transparência, mas no último mês, um problema gerado por atualizações técnicas no endereço eletrônico impossibilitou a atualização.

De acordo com Larizza Queiroz, coordenadora da junta interventora, a previsão é de regularização até o final desta semana. Visite o site da Maternidade Almeida Castro aqui.