terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

Em passagem por Mossoró, Fátima Bezerra fala sobre relação com Governo Federal

Compartilhar
A primeira passagem da governadora por Mossoró depois de ser eleita não foi para falar com o povo, ou para se comunicar com a imprensa. Fátima Bezerra veio num "bate-volta" para participação em solenidade de inauguração da biblioteca da Faculdade Católica do Rio Grande do Norte.

No evento, ela se dispôs a conversar com o Blog sobre o primeiro mês da sua gestão e a relação com o governo Federal. 

Sobre decisão de juiz pelo pagamento cronológico dos pagamentos - pergunta do Blog Saulo Vale - Fátima diz que o governo ainda não foi notificado e que "está aguardando".

Bolsonaro

"Temos uma relação institucional. Sou governadora do RN, nós temos buscado o apoio do Governo Federal porque é o nosso dever. Nós não estamos pedindo nada do ponto de vista pessoal, as reivindicações encaminhadas são de natureza institucional e dizem respeito ao povo do RN".

Recuperação fiscal

"Nós, enquanto governadores, pautamos uma discussão central: o projeto que trata dos excedentes da cessão onerosa. Tenho mantido contato com a bancada federal do RN, mantendo audiências com o presidente da Câmara para aprovação desse projeto para que 20% desses recursos venham para os estados e municípios". 

Saúde

"Recebemos um legado de mais de 15 mil cirurgias pendentes. Recebemos uma gestão com repasses que não foram feitos, por exemplo, para Mossoró, que suspendeu cirurgias. O foco na saúde é a regionalização, garantir manutenção e funcionamento dos hospitais regionais, implantar policlínicas para media complexidade, e atuar em parceria com municípios, através dos consórcios intermunicipais, que começaremos através de Natal e Mossoró. Hoje já está em curso um plano emergencial para que possamos diminuir essa fila de pessoas que estão há meses sem conseguir realizar as cirurgias".

Servidores

"Agora, a folha não está em dia, porque temos um passivo de quatro folhas. Nosso compromisso é estabilizar o pagamento dentro do mês, e igualmente dispensar todo nosso empenho em busca de receitas extras para pagar as folhas atrasadas. O projeto de lei que trata da antecipação dos royalties está na Assembleia (Legislativa), espero que seja aprovado mais rapidamente porque depois disso ainda tem o processo de operação e negociação com bancos, incluindo bancos privados também"

Veja a entrevista completa abaixo:


Governadora Fátima Bezerra fala ao Blog Carol Ribeiro
11/02/2019