sexta-feira, 22 de março de 2019

Ex-candidato a prefeito defende unificação da direita e esquerda em Mossoró para derrotar Rosalba

Compartilhar
(Imagem: reprodução)
Candidato a prefeito em Mossoró em 2016, ex-presidente do PCdoB em Mossoró, e atual secretário de organização do partido, Gutemberg Dias afirma que se a oposição tem interesse em administrar o município, "tem que ter unificação".

O político deu sua opinião no programa Cenário Político (TCM Telecom) desta quarta-feira (20).

"Rosalba ainda é muito forte. Mesmo com as deficiências administrativas, ela tem uma força politica que ainda move parte da cidade. Mas na eleição passada se parte do eleitorado tivesse ido votar talvez ela tivesse sido derrotada. Se Rosalba disputar eleição com mais de dois candidatos na oposição, ela ganha com muita tranquilidade, porque tem pelo menos 30% do eleitorado. Ela só perde com um candidato tete-a-tete com a prefeita, trazendo uma disputa como se fosse um segundo turno", diz.

Gutemberg acredita que para alcançar esse objetivo seria necessário unir a direita e a esquerda. Exemplificou com o caso do Maranhão, onde o governador Flávio Dino (PCdoB) "unificou direita, esquerda e centro, derrotou a família Sarney e está no segundo mandato fazendo um governo modelo no Brasil.