terça-feira, 16 de abril de 2019

Governadora Fátima alega economia insuficiente para salvar o Estado

Compartilhar
Durante sua passagem por Mossoró, questionada sobre a economia já realizada nos cofres públicos em sua gestão, a governadora garantiu que ao longo dos quatro anos o governo terá economizado R$ 156 milhões. Segundo ela, as revisões de contratos, redução de passagens e diárias, além de outras medidas de contenção devem gerar uma economia de R$ 28 milhões/ano.

Com o que chama de "medidas de austeridade", acredita que esse valor pode ser superior.

Em sua passagem pela região Oeste ela quase se esquivava do assunto economia, mas foi instigada pelo jornalista Vonúvio Praxedes (TCM Telecom). Veja abaixo:



Entrevista exibida no Cenário Político (TCM Telecom)
em 15/04/2019


Nota do Blog - A contar com a economia estimada pela governadora Fátima, é claro que não deverá haver solução para a crise financeira do Estado, a menos que novas medidas sejam tomadas. A dívida do RN no momento em que a gestora assumiu gira em torno de R$ 3 bilhões. O déficit mensal na previdência é R$ 160 milhões. Os R$ 156 milhões apontados pela gestora ao longo de quatro anos são uma gota no oceano da problemática financeira do RN.