quarta-feira, 17 de abril de 2019

Acaba greve dos professores de Mossoró

Compartilhar
Decisão foi tomada em assembleia agora há pouco
(Foto: Caio César Muniz)
Os professores da rede municipal de ensino de Mossoró acabaram de decidir em assembleia que voltarão ao trabalho.

Os servidores consideraram uma vitória os acertos da reunião que ocorreu ontem (17) entre a Prefeitura de Mossoró, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (SINDISERPUM) e o Ministério Público (MPRN).

Os principais pontos negociados foram:

- O Município vai enviar ao Sindicato, progressivamente até o final do ano, a relação com o nome dos 337 servidores que serão contemplados com a mudança de classe, por ordem cronológica.

- Município vai mandar cronograma do pagamento do 14º salário, ano-base 2016, das escolas vencedoras.

- Foi marcada pelo MP uma nova reunião para o dia primeiro de agosto. Nela, a Prefeitura deverá apresentar um estudo técnico-financeiro do impacto na folha de pagamento na hipótese de aplicação dos 0,42% que não foram concedidos no reajuste anual.

Além disso, o SINDISERPUM deverá encaminhar um calendário de reposição das aulas perdidas durante a greve para avaliação do Município.

De acordo com Marleide Cunha, presidente da entidade, o sentimento da categoria é de que o objetivo da greve foi alcançado. "Foi aberto um diálogo para negociação, a pauta de reivindicações agora pode ser negociada. Agora teremos resposta e controle sobre a mudança de classe e vamos continuar insistindo na questão do reajuste de acordo com o piso nacional. A democracia venceu a tirania".