segunda-feira, 1 de abril de 2019

Prefeitura esclarece sobre andamento da operação tapa-buraco no período chuvoso

Compartilhar
Santa Delmira é um dos bairros que sofrem com o problema
(Foto: Blog CS)
A prefeitura de Mossoró informa que ontem (31), foi realizado um trabalho emergencial na avenida João da Escóssia, devido ao grande desgaste na via. Com as chuvas, o asfalto quente não chegou na temperatura ideal e a fiscalização parou a execução.

De acordo com a secretária de Infraestrutura, Katia Pinto, o Município fiscaliza a temperatura asfáltica do material utilizado nas ruas e avenidas e verificou que não estava de acordo com os parâmetros definidos.

“A massa asfáltica utilizada que é o Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ) deve estar com 120º a 170° graus. Então, a empresa suspendeu a aplicação no dia de ontem” explica, citando ainda que não houve nenhum prejuízo ao erário público, pois “a medição é feita mensalmente e com os serviços bem executados e aprovados por nossa fiscalização. A perda por algum serviço não aceito é totalmente da empresa”, complementa a secretária.

R$ 3 milhões

A Prefeitura de Mossoró anunciou o início das obras de recuperação da malha viária da cidade para o dia 1° de abril. 

O anúncio foi feito há uma semana, após denúncias e polêmicas nas redes sociais sobre a buraqueira na cidade. O valor, no entanto, não deve cobrir a demanda em Mossoró.

Segundo o Executivo, o trabalho de recapeamento asfáltico vai ser destinado às ruas e avenidas de maior fluxo.