sexta-feira, 6 de setembro de 2019

Prefeitura diz que repassou mais de 16 milhões para eletivas no primeiro quadrimestre

Compartilhar
Prestação de contas aconteceu na câmara Municipal
(Foto: divulgação)
A Secretaria de Saúde da Prefeitura de Mossoró prestou contas nesta quinta-feira (05) do primeiro quadrimestre de 2019, durante audiência pública na Câmara Municipal de Mossoró. 

A secretária executiva de Saúde, Joaniza Vale, apresentou indicadores dos quatro primeiros meses deste ano, enquanto a secretária Saudade Azevedo estava reunida com o secretário de Saúde do Estado, Cipriano Maia.

De acordo com a prestação, de janeiro a abril deste ano foram realizados 1.693.163 procedimentos junto da população mossoroense. Desses procedimentos, 48% foram realizados com a promoção e prevenção da Saúde. Outros 48% na realização de consultas nas Unidades de Serviços de Saúde e 4% em atendimentos/tratamento odontológicos, coleta de material, teste rápido e outros. Os recursos investidos pela Prefeitura na Saúde chegaram a 21,48%, muito acima dos 15% que é determinado por lei.

A crescente queda no índice de mortalidade infantil foi destaque durante a apresentação da secretária Joaniza. A atual gestão assumiu o Município com uma taxa de 17 óbitos para cada mil nascidos vivos, caindo consideravelmente no primeiro quadrimestre deste ano, chegando a 7,7. "Essa redução também contribui para que Mossoró tenha novamente o selo Unicef.”, explicou Joaniza.

Os prestadores da Secretaria de Saúde receberam de janeiro a abril R$ 16.747.373,35 para atenderem os mossoroenses em cirurgias eletivas, atendimentos médicos, exames, consultas e vários outros tipos de atendimentos. O Hospital Wilson Rosado, APAMIM e LIGA foram os prestadores que mais receberam esses recursos.