quarta-feira, 6 de novembro de 2019

Jornalistas exibem documentário sobre incêndio da Acrevi; Veja trailer

Compartilhar
Documentário mostra realidade de associação
(Imagem: reprodução)
A TCM irá transmitir pela primeira vez, na próxima quinta (7), dentro do "Programa Entre no Clima", o documentário "Acrevi - O Incêndio", às 15h. O filme é de autoria do jornalista Alexandre Fonseca, que contou com o apoio da também jornalista Isaiana Santos e de imagens cedidas pela diretoria do Canal 10.

"O documentário vai retratar na fala de quatro personagens, colaboradores da Associação, como foi o dia do incêndio que devastou toneladas de materiais recicláveis, que estavam prontos para venda. Com a ajuda de Isaiana, entendemos melhor na visão deles como a tragédia começou e a luta, juntos aos bombeiros, na tentativa de apagar as chamas. Iremos mostrar também um pouco do trabalho da Acrevi, quanto costumam ganhar, o orgulho e a consciência dos catadores em relação ao meio ambiente", explica Alexandre Fonseca.

"Esse projeto com os catadores da Acrevi foi uma lição de vida e acredito que não só para mim, mas, cada um que assistir vai repensar a sua responsabilidade com o lixo reciclável", disse Isaiana Santos.

Veja o trailer: 



Produção

O documentário começou a ser produzido ainda em 2017, quando Alexandre esteve acompanhando uma ação social de Natal e as gravações foram concluídas, duas semanas após o incêndio que causou um grande prejuízo para as famílias que dependem da renda que é gerada com os recicláveis. Foram quase 11 horas de edição, que em 18 minutos irão detalhar uma fase difícil para os associados da Acrevi, que lutam para reerguer o seu principal meio de sustento.

ACREVI

A Associação Comunitária Reciclando para a Vida (ACREVI) é o meio de vida de 20 famílias de Mossoró, no bairro Dom Jaime Câmara, através da reciclagem. 


No último 15 de setembro um incêndio destruiu a sede da entidade. O fogo que se originou num terreno baldio destruiu os materiais recicláveis e as máquinas utilizadas no trabalho de reciclagem, comprados após muitos anos de economias do trabalho e de doações.