quinta-feira, 28 de novembro de 2019

Para Rosalba Ciarlini suspensão de empréstimo é "lamentável"

Compartilhar
Rosalba concedeu entrevista nesta terça (26) quando voltou de
viagem à Europa (Foto: web/ autor não identificado)
A prefeita Rosalba Ciarlini falou diretamente com a imprensa sobre a suspensão,  pela Justiça Federal, do empréstimo de até R$ 150 milhões junto à Caixa Econômica. A entrevista foi dada à repórter Elisângela Moura, da TCM 95FM.

Em sua fala, além de destacar os benefícios dos projetos que a Prefeitura planeja executar com o valor, a gestora municipal criticou os vereadores oposicionistas pela Ação Popular impetrada na Justiça. Para ela, se faz "oposição por oposição".

Leia na íntegra a resposta de Rosalba Ciarlini:

"São 150 milhões (reais) de financiamento. A cidade se capacitou para ter esse financiamento, não caiu do céu, fizemos um esforço muito grande para ter a capacidade da Caixa nos dar esse financiamento. É dinheiro para obras paralisadas, como as creches, obras de saneamento. Isso não vai dar somente nova estrutura para mais empreendimentos, vai gerar emprego e renda para Mossoró.

Nós vamos recorrer ao TRF em Recife, vamos à todas as instâncias, porque é um benefício para Mossoró.

É inadmissível que um cidadão que se diga mossoroense crie dificuldades para Mossoró receber 150 milhões para investimentos, obras, calçar ruas que não tem calçamentos, melhorar pavimentação, novos financiamentos, concluir pontes, fazer creches, saneamento básico - no Santo Antônio vamos terminar, concluir obras na Estrada da Raiz.

Quinze vereadores aprovaram e aqueles que fazem oposição por oposição foram à Justiça questionar um benefício tão grande para a nossa cidade".