Veja na quarentena: documentários potiguares

Já se perguntou se existe um canal no YouTube com produções documentais, independentes e que relatam vivências do povo de Mossoró/RN? Seja qual for a sua resposta, lhe apresentamos o canal AF Produções. Atualmente com cinco documentários publicados, tem como maior objetivo, contar histórias do povo para o próprio povo.

Em 2017, o jornalista Alexandre Fonseca decidiu produzir com pouco material (apenas uma câmera, um fone de ouvido e um celular), o minidocumentário "Bom Dia Mossoró - Bastidores", abordando a rotina de produção do telejornal que faz parte da grade informativa do Canal 10 da TCM HD. Com duração de dez minutos, a apresentadora Emanuela de Sousa e equipe, explicam as etapas de montagem do jornalístico até a sua exibição no ar.

No ano seguinte, Fonseca deu início ao "Projeto Vida", culminando em três outros minidocumentários chamados "Primeiro Passo", "Bigode Taekwondo" e "Um Sinal para o Futuro". Cada um deles retrata histórias cotidianas de superação, como a de Lígia, que decidiu ter uma vida mais saudável, do projeto social ministrado pelo professor de taekwondo Luciano Milhomens e de um momento específico na jornada do Fernando, que deixou de viver em situação de rua.

A última produção publicada até agora, denominada "Acrevi - O Incêndio", reproduz na fala de quatro personagens, colaboradores da Associação, como foi o dia do incêndio responsável por devastar toneladas de materiais recicláveis, prontos para a venda. Todos os registros audiovisuais postados no canal AF Produções, foram desenvolvidos com apoio total de voluntários. Resultados de boas colheitas, o "Projeto Vida" foi nomeado em 4º lugar na categoria "Audiovisual Nestor Saboya" do Prêmio Fomento 2019. O da Acrevi, foi tema de uma palestra promovida no Senai, ministrada pela gestora ambiental Rosa Araújo.

Abaixo, você acompanha o documentário:

Acrevi - O incêndio

Recentemente, o canal obteve a conquista do link personalizado e seu idealizador pretende expandir o acervo, explorando novas histórias em breve. Caso tenha interesse em assistir algum dos documentários citados, acesse www.youtube.com/afproducoespotiguares

"Aproveite e se inscreva no canal, para ficar por dentro das novidades. Incentive, apoie a produção audiovisual independente e nordestina. E faça isso durante a quarentena, ficando em casa", diz o jornalista.

CAROL RIBEIRO RECOMENDA