"Se não olharem pro Nogueirão, não sei quanto tempo ele dura"

Por Larissa Maciel*

Mesmo parado, o velho Nogueira é notícia. Em meio às dificuldades financeiras e demandas de tempo para tocar o estádio que é de responsabilidade da Liga Desportiva Mossoroense, Marcos Antônio, atual representante, revolveu renunciar.

(Foto: Lucena Filho)

Uma Assembleia extraordinária com os clubes deve acontecer no dia 12 para a escolha do novo presidente e vice da Associação. Nos bastidores, nomes começam a surgir. Inclusive ligados ao poder público. Nada concreto.

O problema mais recente que o Nogueirão enfrentou foi quanto a recomendação pelo Ministério Público da interdição por falta de acessibilidade. Segundo Marcos, que está deixando o cargo, a situação já está sendo resolvida.

“Essa situação já vai ser resolvida. A pandemia atrapalhou, mas tudo dará certo. Saio com um sentimento de gratidão e dever cumprido. Amo isso aqui (o Nogueirão). Recebi críticas, mas sei do que pude fazer. Minha filha, se não olharem com carinho para o estádio, não sei quando tempo ele dura”, frisou.

*Larissa Maciel é formada em Jornalismo pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), é mossoroense, repórter e apresentadora da TCM Telecom e 95 FM, crescida entre fãs de esporte, jornalista por vocação e analista de esporte por amor à esta área da profissão em específico. 

POLÍTICA

ECONOMIA

MULHER

CULTURA

CAROL RIBEIRO RECOMENDA