Bolsonaro terá agenda em Mossoró e Ipanguaçu nesta sexta; veja detalhes

A visita do presidente da República em Mossoró, Jair Bolsonaro, a Mossoró começará às 10h desta sexta-feira (21). 


Os ministros do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho; das Comunicações, Fábio Faria; e da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, deverão acompanhar Bolsonaro. 

 

Veja:

 

Mossoró:

Entrega de 300 moradias no Residencial Mossoró I (MDR)

Entrega de 5 veículos ABTS provenientes do Pró-Vida e de material da Força Nacional de Segurança Pública (Ministério da Justiça e Segurança Pública- MJSP)

Data: 21/8 (sexta-feira)

Horário: 10h

Local: Rua Isaura Rosado, bairro Nova Betânia, Mossoró (RN)- Estrada Alagoinha.

 

Ipanguaçu:

Perfuração de poço e entrega de sistemas dessalinizadores (MDR)

Entrega de 1.060 Títulos de Domínio (Incra/MAPA)

Emissão de 750 contratos de crédito no valor de R$ 3,75 milhões (Incra/MAPA)

Autorização de início de obras para beneficiar 6 assentamentos da região (Incra/MAPA)

Anúncio de medidas para ampliar o acesso da população à internet: Programa Wi-Fi na Praça (Mcom-Telebras), atendimento de áreas com potencial turístico, TAC Tim; Doação de computadores recondicionados para telecentros e região (Mcom).

Data: 21/8 (sexta-feira)

Horário: 12h30

Local: Comunidade Angélica, zona rural de Ipanguaçu (RN)


Avião presidencial já esteve duas vezes em Mossoró esta semana verificando área
(Foto: Elisangela Moura)

O primeiro compromisso, em Mossoró, será a entrega de 300 unidades habitacionais. O residencial que leva o mesmo nome da cidade contou com investimentos de R$ 18,3 milhões do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR).  Também serão entregues cinco veículos ABTS do Programa Nacional de Qualidade de Vida para Profissionais de Segurança Pública (Pró-Vida), do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

 

Na sequência, a comitiva federal segue para o município de Ipanguaçu. Na Comunidade Angélica, as autoridades acompanham a perfuração de um poço, executada pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs/MDR). No mesmo local, haverá a entrega simbólica de 23 sistemas dessalinizadores do Programa Água Doce, que atendem cerca de 5,3 mil pessoas, além do anúncio de ampliação de crédito para a carcinicultura, a fim de fortalecer o trabalho dos produtores de camarões na região. Atualmente, o Rio Grande do Norte é responsável por 43,2% da produção brasileira.

 

Mais ações

 

Durante o evento em Ipanguaçu, o Ministério do da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), por meio do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), entrega Títulos de Domínio para 1.060 famílias de agricultores assentados de 13 municípios. Além disso, 750 contratos de crédito serão emitidos para famílias beneficiárias da reforma agrária, representando um investimento de R$ 3,7 milhões. A Pasta também autorizará o início de obras, com investimentos de R$ 2,9 milhões, para a construção de uma adutora e um reservatório e a recuperação de estradas vicinais.

 

Já o Ministério das Comunicações irá anunciar medidas para ampliar o acesso da população do Rio Grande do Norte à Internet. São elas: Programa Wi-Fi na Praça (Mcom-Telebras); atendimento de áreas com potencial turístico; apresentação do TAC Tim: Termo de Ajustamento de Conduta entre a TIM e a Anatel; e doação de 30 computadores recondicionados para escolas públicas e telecentros da região, por meio do Programa Computadores para Inclusão.


POLÍTICA

ECONOMIA

MULHER

CULTURA

CAROL RIBEIRO RECOMENDA