Briga interna: Assembleia pode ter professor como deputado

Nota oficial ainda não saiu. Mas a assessoria de imprensa do deputado estadual Sandro Pimentel (PSOL), que teve cassação mantida pelo TSE, adiantou ao Blog Carol Ribeiro: "cabe recurso, até lá o mandato continua". O parlamentar tem  três dias para recorrer.


Enquanto Sandro recorre da decisão e aguarda julgamento do plenário da corte no TSE, o PSOL tem nos bastidores disputa travada desde o início da judicialização do caso pelo professor Robério Paulino, o primeiro suplente de Sandro Pimentel. 


Robério Paulino busca chance de assumir cadeira do PSOL na ALRN
em lugar de Sandro Pimentel
(Foto: autor não identificado/ web)

O professor universitário Robério Paulino obteve 18.550 votos na eleição de 2018. Ele é quem assume o cargo de deputado estadual caso Sandro Pimentel seja cassado, mas seus votos não sejam anulados – o que é mais provável.


A Assebleia Legislativa poderá dar posse ao novo deputado assim que - e se - receber notificação do TSE.


*Com informações do Território Livre, Agora RN e Blog Carol Ribeiro.

POLÍTICA

ECONOMIA

MULHER

CULTURA

CAROL RIBEIRO RECOMENDA