Implicações do racismo na vida das pessoas negras

Compartilhar

(Foto: cedida)

Por Amanda Simara Oliveira Leite*

Sabemos que o racismo ainda é uma prática constante no meio social e que essa é uma questão enraizada, sobretudo na sociedade brasileira, onde percebemos a sua presença nas escolas, nas novelas, shopping center e em todas as instâncias da sociedade. Nesse sentido, o que pretendemos aqui é analisar as implicações do racismo na vida das pessoas negras.

O racismo se apresenta de diferentes formas, seja por meio de olhares, comentários, agressão física, verbal, entre outras. Desde muito cedo as crianças negras são apresentadas ao racismo, muito embora ainda não saibam do que se trata, isso acontece em formas de comentários sobre suas características físicas, seja a cor da sua pele, ou cabelo, etc. 

Isso faz com que as crianças desenvolvam baixa autoestima e busquem ainda na adolescência ou infância recorrer a procedimentos para mudar alguns dos traços de sua negritude. É comum encontrar meninas que fazem o “alisamento” do cabelo para se sentirem mais bonitas ou parte da sociedade. As pessoas acabam naturalizando essas práticas por que tudo que é do negro é estigmatizado, feio, ruim.

Não bastasse a violência desde a infância, pessoas que são negras enfrentam cotidianamente atitudes racistas, a adolescência e a adultez são fases em que se analisa de forma crítica determinadas práticas que antes passavam despercebidas. Isso se as pessoas tiverem discussões e orientações sobre o que é o racismo, do contrário permanecem naturalizando atitudes racistas. 

Na sociedade atual percebemos como essa ação se expressa, são as pessoas negras que estão superlotando as cadeias, são as pessoas negras que mais morrem em função da violência policial, são negros os que possuem menos instrução escolar, são as pessoas negras que ocupam os piores empregos e que ganham os mais baixos salários, são as pessoas negras as mais marginalizadas na sociedade.

São diversas as implicações do racismo na vida das pessoas negras, mesmo assim, nos dias atuais, ainda se percebe uma tentativa de mascarar essa realidade, onde as autoridades e representantes do país afirmam que o racismo não existe mesmo com tantas evidências. Nesse sentido, esse é fator que contribuindo para que essa prática aconteça e a luta dos movimentos negros seja inviabilizada e tida como vitimização.

É de suma importância que hajam políticas públicas que promovam a igualdade racial a fim de estimular a erradicação do racismo, bem como, fiscalizar se as leis que tornam obrigatório o ensino da História e Cultura Afro-brasileira nas escolas está sendo cumprida, fiscalizar e implementar penas duras para aqueles que cometem crimes de racismo e injúria racial, promover políticas de garantia de saúde, educação e segurança para as populações negras.

*Amanda Simara Oliveira Leite, é discente do curso Licenciatura em Educação do Campo na Universidade Federal Rural do Semi-Árido.     


Compartilhar

0 comentários em " Implicações do racismo na vida das pessoas negras"

Postar um comentário

Postagens anteriores → ← Postagens mais recentes
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
CAROL RIBEIRO RECOMENDA