Governo do RN negocia vacinas Sputinik

Compartilhar

Fátima Bezerra disse que negociação é plano B diante de apreensão com possibilidade de atrasos de novas doses pelo Governo Federal

(Foto: reprodução TCM)

O Governo do Estado está em contato com a União Química, fabricante da vacina russa Sputinik, tanto isoladamente, quando através do Consórcio Nordeste, para tratar da possibilidade de compra do imunizante. Segundo a governadora Fátima Bezerra (PT), o RN já pediu autorização do Governo Federal para adquirir a vacina que "tem 90% de eficácia comprovada".

Em participação no programa Cenário Político (TCM Telecom), nesta terça-feira (19), a gestora estadual explica que a iniciativa foi tomada por estar "atenta à necessidade da população potiguar se vacinar".

A insegurança com a chegada de novas doses para as próximas etapas de vacinação foi uma das preocupações demonstradas pela governadora. Ela informou que já está em reunião com o Fórum de Governadores por uma nova audiência com o Ministro da Saúde, para mais uma entrega de vacinas. 

"No RN, só de profissionais de saúde são 90 mil. Em Mossoró são 3.919 trabalhadores da saúde. Nesse primeiro momento 39.258 doses sendo distribuídas aos municípios, o que não é suficiente para atender à demanda dos grupos prioritários", pontuou. 

"Os únicos estados que têm capacidade de produzir a vacina é São Paulo, com Butantã, e o Rio de Janeiro, com a Fundação Oswaldo Cruz. Os outros estados precisam receber essas vacinas distribuídas pelo Governo Federal.

Ela lembra que a necessidade destes estados se mobilizarem vem quando se acompanha o presidente envolvido com disputas políticas e ideológicas com o Governo de São Paulo "enquanto morrem mais de 200 mil por dia".

Veja o programa na íntegra clicando aqui: 1º bloco, 2º bloco, 3º bloco.



Compartilhar

0 comentários em "Governo do RN negocia vacinas Sputinik"

Postar um comentário

Postagens anteriores → ← Postagens mais recentes
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
CAROL RIBEIRO RECOMENDA