Governo do RN resolveu agir contra aglomerações

Compartilhar

Após a má repercussão e exposição na imprensa nacional, Governo do RN resolveu se responsabilizar e interromper aglomerações

Em conversa no Twitter, governadora diz que agora vai agir quando houver omissão dos governos municipais (Imagem: reprodução)

Aconteceu na campanha eleitoral, no feriado natalino, no reveillón também, em boa parte do veraneio, mas só agora no carnaval, quando as aglomerações em Pipa (Tibau do Sul/RN) ganharam repercussão nacional, e a governadora Fátima Bezerra (PT) foi chamada a falar sobre o assunto na Globo News e na CNN, foi que o governo atentou para acabar com a festa através das forças de segurança.

Anteriormente a isso, quando questionados sobre o assunto, o secretário estadual de Saúde, Cipriano Maia, e a chefe do Executivo estadual sempre deixaram claro que ao governo caberia a edição dos decretos, mas a fiscalização seria responsabilidade dos municípios.

O governo vem editando desde março os decretos com medidas restritivas e priorização à Saúde Pública. Mas da teoria para a prática, toda a população potiguar vem acompanhando que há uma diferença, e as aglomerações acontecem livremente estado afora.

E quando os municípios falham na fiscalização, o que fazer? Cabe ao estado convocar as forças necessárias para coibir o desrespeito às normas e chamar a atenção dos municípios.

O governo do estado não errou ao convocar as forças nacionais contra as aglomerações em Pipa, mas não fez mais que a obrigação, e tardiamente.

Compartilhar

0 comentários em "Governo do RN resolveu agir contra aglomerações "

Postar um comentário

Postagens anteriores → ← Postagens mais recentes
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
CAROL RIBEIRO RECOMENDA