Governo envia ofício ao MS para inclusão dos profissionais da educação no PNI

Compartilhar

Depois de divulgar vacinação dos professores, no último dia 21 de maio o Governo do Estado anunciou a suspensão

Enquanto vacinação não ocorre, salas de aulas continuam paradas
(Foto: Ney Douglas)

A governadora Fátima Bezerra divulga que solicitou ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, nesta terça-feira (25), a inclusão dos profissionais da educação das redes pública e privada no próximo grupo prioritário de vacinação, via adequação do Plano Nacional de Imunização (PNI).

O documento enviado ao Ministério da Saúde enfatiza que a imunização de trabalhadores da educação supera interesses particulares e atinge a coletividade como um todo, daí a necessidade de correção de distorções detectadas na ordem de prioridades do PNI.

O Governo do RN informa que ingressou ainda, no Tribunal de Justiça, com pedido de suspensão de decisão que impedia a utilização de reserva técnica para imunização dos trabalhadores da educação. O pedido tem como alicerce decisão recente do ministro Fux.

Suspensão das vacinas

Depois de divulgar vacinação dos professores, no último dia 21 de maio o Governo do Estado anunciou a suspensão. A justificativa foi a decisão da Justiça Estadual emitida em 1º de abril deste ano, que impede que a Sesap inclua ou modifique a ordem de grupos prioritários de vacinação contra a Covid-19 sem prévia autorização do Ministério da Saúde. 


Compartilhar

0 comentários em "Governo envia ofício ao MS para inclusão dos profissionais da educação no PNI"

Postar um comentário

Postagens anteriores → ← Postagens mais recentes
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
CAROL RIBEIRO RECOMENDA