O Rosalbismo e os dois caminhos a seguir

Compartilhar

A matemática eleitoral é difícil para o Rosalbismo, caso seja confirmada a ida de Fábio para o Progressistas

(Foto: autor não identificado)

Do Blog Saulo Vale

Caso seja confirmada a ida do ministro das Comunicações, Fábio Faria (PSD), para o Progressistas, o grupo político do deputado federal Beto Rosado e da ex-prefeita de Mossoró Rosalba Ciarlini terá dois caminhos.

Ou continua na legenda, perdendo o protagonismo que sempre tiveram no PP, ou mudam de partido.

A matemática eleitoral é difícil para o Rosalbismo, caso seja confirmada a ida de Fábio para o Progressistas. Vale lembrar que o auxiliar de primeiro escalão da Presidência da República pode até mesmo ficar à frente da legenda no RN, hoje presidida pelo ex-deputado Betinho Rosado, pai de Beto.

Rosalba, depois de naufragar nas urnas em 2020, quer ser deputada estadual; Beto, quer ser reeleito. Fábio quer ser vice de Bolsonaro ou senador da República.

Ideologicamente, há quase nenhuma diferença.

Eleitoralmente, há. Muita.

Compartilhar

0 comentários em "O Rosalbismo e os dois caminhos a seguir"

Postar um comentário

Postagens anteriores → ← Postagens mais recentes
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
CAROL RIBEIRO RECOMENDA